A mordida que rendeu R$ 6 mil a um apostador

Compartilhe como seus amigos:

Chiellini e Suárez após a mordida do uruguaio

Para muitos, a “zebra” se caracteriza pelo acontecimento de um fato inesperado. No mundo do esporte, e também das apostas, o passeio de uma zebra acarreta em diferentes sentimentos. Para muitos, prejuízo. Em contrapartida, para alguns poucos a zebra é sinônimo de bolso cheio. Afinal, quando o azarão vence o favorito, pagam verdadeiras fortunas aos apostadores.

Leia mais: UFC Las Vegas 7: a zebra quebrou a banca e fez a felicidade de apostadores

banner bet365

O exemplo mais recente, e que muitos se recordam, foi o inédito título do modesto Leicester City na Premier League. Naquela ocasião, ninguém esperava a grande campanha dos Foxes. Afinal, era apenas o segundo ano da equipe na elite inglesa, após 10 anos nas divisões inferiores. Além disso, o time de East Midlands tinha pouca tradição nos principais torneios da Inglaterra. Desse modo, as odds do Leicester antes do início da Premier League 2015/16 eram de 5.000 para 1. Ou seja, apostar R$ 1 renderia R$ 5.000 em caso de título.

UM VAMPIRO URUGUAIO

Este caso serviu para ilustrar o que uma zebra é capaz. Mas neste texto, relembraremos o curioso caso da mordida de Luis Suárez na Copa do Mundo de 2014. Antes do torneio começar, vale revisitar o histórico de agressões do uruguaio. A primeira abocanhada de Suárez aconteceu no Ajax. Posteriormente, já com as cores do Liverpool, o atacante mordeu o zagueiro Ivanovic, do Chelsea. Ou seja, não era comum Luisito morder adversários, mas havia sim a possibilidade disso se repetir algum dia.

Leia mais: 2004: o ano que o Porto encheu o bolso dos apostadores

Sabendo disso, um cidadão de origem norueguesa apostou em mais uma mordiscada de Suárez. O homem, que não teve a sua identidade revelada, apostou antes mesmo da Copa do Mundo começar. Sem dúvida, a fézinha tinha mais cara de brincadeira do que algo sério. Todavia, não deve-se brincar no mundo das apostas. Afinal, tudo pode acontecer. E neste caso, aconteceu.

A MORDIDA DE R$ 6 MIL

No último jogo do Grupo D, Uruguai e Itália realizavam confronto direto pela vaga no mata-mata. Vale lembrar que a chave era liderada pela zebra Costa Rica. Por certo, o jogo foi pegado, disputado e muito acirrado. Nem uruguaios, bicampeões mundiais, muito menos italianos, tetracampeões, queriam ser eliminados. Toda essa tensão, culminou em uma partida truncada. Assim, o placar foi inaugurado somente aos 31 minutos do 2º tempo. Diego Godín marcou e garantiu a celeste charrua nas oitavas de final.

Leia mais: Leicester, a maior zebra nas casas de apostas em 2016

O que mais chamou a atenção na partida não foi a vitória. Mas sim um lance na área italiana. Pouco antes do gol de Godín, Luis Suárez mordeu o ombro esquerdo de Giorgio Chiellini. A infração passou despercebida pelo árbitro. Entretanto, a FIFA analisou o lance novamente, e dias depois, Suárez foi expulso do restante da Copa do Mundo. Desse modo, com a mordida de Suárez, o apostador norueguês abocanhou cerca de 2 mil euros (R$ 6 mil), em valores da época.

Foto destaque: AAP

Compartilhe como seus amigos:

banner bet365