Hamilton, Bottas ou Verstappen? Quem leva o GP de Eifel? Confira a análise e as cotas das casas de aposta!

Compartilhe com seus amigos:

Lewis Hamilton comemorando com champanhe - GP de Eifel

Após a inesperada vitória do finlandês Valtteri Bottas, no GP de Sóchi, a Fórmula 1 desembarca na Alemanha para mais uma etapa. O mítico circuito de Nürburgring receberá, no domingo (11), o GP de Eifel, 11ª etapa da temporada 2020. O circo da F1 retorna ao traçado de Nürburg depois de sete anos de ausências. Desse modo, a Shaftscore analisou os cinco principais postulantes à vitória. Além de ter selecionado as cotas da Bet365.

Leia mais: NBA: Lakers ou Heat? Veja os prognósticos do jogo 1 da final

Vale lembrar que o fenômeno Lewis Hamilton, e sua Mercedes, lidera o campeonato de pilotos com 205 pontos. Logo atrás está Bottas, companheiro de Hamilton, que soma 161 pontos. Fechando o top-3, o jovem Max Verstappen, da Red Bull, com 128 pontos. A partir daí, Lando Norris (McLaren), Alex Albon (Red Bull) e Charles Leclerc (Ferrari) acumulam 65, 64 e 63, respectivamente, e lutam pela 4ª posição na classificação geral. Sabendo dessas importantes informações, confira a nossa análise para o Grande Prêmio de Eifel. 

LEWIS HAMILTON (R$ 1,40)

Sem dúvida nenhuma, Hamilton é grande favorito ao título da F1. Caso todo esse favoritismo seja confirmado, será o oitava conquista do piloto. Assim, Lewis torna-se o predileto para vencer a maioria das corridas. Incluindo essa próxima etapa da Alemanha. Entretanto, o maior empecilho do inglês não são seus adversários, afinal todos eles possuem carros infinitamente inferiores.

A pedra no sapato de Hamilton são as punições. Nas três últimas etapas, o piloto Mercedes fez três pole-positions. Na temporada, foram oito poles e seis vitórias. Todavia, em Monza e Sochi, recebeu advertências, e teve de lutar para chegar ao pódio. Assim, a expectativa para Nürburgring é que Hamilton não receba punições e vença a prova. Uma vez que esse resultado seja concretizado, o inglês igualará o recorde de vitórias de Michael Schumacher, 91 no total. 

VALTTERI BOTTAS (R$ 4,50)

Companheiro de Hamilton, na Mercedes, Bottas possui o segundo melhor carro do grid. Dessa maneira, soma duas vitórias e seis pódios em 10 etapas disputadas. Já que Hamilton é o favorito a tudo, Valtteri fica de mãos atadas e sempre espera um deslize de seu colega de equipe. Porém, Bottas não soube aproveitar os erros de Hamilton, em Monza. Lewis foi punido e caiu para último. Mas o finlandês largou mal, acabou em 5º e viu Pierre Gasly, da modesta AlphaTauri, ganhar a corrida. Já na Rússia, no GP de Sóchi, Valtteri Bottas viu Hamilton ser punido e, finalmente, aproveitou a advertência para subir no lugar mais alto do pódio. Ou seja, o segundo piloto da Mercedes é o favorito à vitória no GP de Eifel, caso Hamilton vacilar.

MAX VERSTAPPEN (R$ 5,00)

Piloto mais jovem na história da Fórmula 1, Max Verstappen acumula grandes exibições nesta temporada. O holandês, da Red Bull, realiza corridas consistentes e regulares. Prova disso, são os resultados em 2020. Nas 10 etapas disputadas, Max abandonou três e subiu no pódio nas outras sete corridas, sendo uma delas no lugar mais alto. Desse modo, Verstappen é figurinha carimbada no top-3 da F1. Mas, assim como, todos os outros grandes pilotos do grid, Max Verstappen é parado pelas Mercedes. A equipe Red Bull Honda Aston Martin tem bons carros, todavia, esbarram na superioridade alemã. Max segue o mesmo caminho de Bottas: esperar por erros de Hamilton.

Leia mais: Avaí x Figueirense 29/09: lucre com nossa dica para o clássico catarinense

SERGIO PÉREZ (R$ 51,00)

Extremamente elogiado por sua atuação na Rússia, Sergio Pérez chega muito motivado ao GP de Eifel. E não é para menos. O piloto mexicano, da Racing Point, conquistou o melhor resultado da temporada: 4º lugar. Nos GPs passados, Pérez oscilou entre a 10ª e 5ª colocações. Dentre os corredores citados acima, Sergio Pérez possui o carro “mais fraco”. Assim, resultados como esse devem ser ressaltados. 

DANIEL RICCIARDO (R$ 67,00)

O australiano Daniel Ricciardo é um grande piloto. E isso não é novidade. Porém, o piloto, atualmente na Renault, não fez um bom início de temporada. Só para ilustrar, nas três primeiras corridas, Ricciardo abandonou uma e terminou em 8º nas outras duas. Posteriormente, nos GPs de 70 anos da F1 e Espanha, terminou apenas nas 14ª e 11ª colocações, respectivamente. Contudo, desde Spa, Daniel Ricciardo vem realizando ótimas corridas. De lá para cá, ele completou todas as etapas no top-6. A mais recente, na Rússia, levou sua Renault até a 5ª colocação.

FIQUE DE OLHO

Além de Hamilton, Bottas, Verstappen, Ricciardo e Pérez, deve-se abrir o olho para alguns pilotos no GP de Eifel. Primeiramente para os sempre perigosos Alexander Albon (R$ 81,00), Red Bull, Charles Leclerc (R$ 101,00), Ferrari, e Pierre Gasly (R$ 101,00), AlphaTauri. Vale lembrar que Gasly, protagonizou a maior zebra da F1 nos últimos tempos. O francês quebrou todas as expectativas ao vencer o tradicional GP de Monza.

Na sequência, Lando Norris (R$ 101,00), da McLaren. O inglês realiza uma grande temporada, aparecendo em 4º lugar na classificação geral. Só que em Sóchi, Norris desapontou e terminou apenas no 15º posto. Tal qual seu companheiro, Carlos Sainz (R$ 101,00). O piloto espanhol bateu na primeira volta e abandonou a corrida.  Por outro lado, Esteban Ocon (R$ 101,00), Renault, fez uma corrida acima da média, e garantiu a 7ª colocação. Já Lance Stroll (R$ 101,00), da Racing Point, abandonou a etapa da Rússia, mas vem de ótimas atuações em GPs passados.

Leia mais: Palpite E-Sports Sprout x Skade 29/09 (CS:GO)

DEMAIS COTAS AO GP DE EIFEL

  • Daniil Kvyat – AlphaTauri: (R$ 151,00)
  • Sebastian Vettel –  Ferrari: (R$ 201,00)
  • George Russell – Williams: (R$ 751,00)
  • Antonio Giovinazzi – Alfa Romeo: (R$ 3001,00)
  • Romain Grosjean – Haas: (R$ 3001,00)
  • Kevin Magnussen – Haas: (R$ 3001,00)
  • Kimi Räikkönen – Alfa Romeo: (R$ 3001,00)
  • Nicholas Latifi – Williams: (R$ 4001,00)

Foto destaque: Getty Images Europe

Compartilhe como seus amigos: