Preso no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho é autorizado a deixar o país

Compartilhe como seus amigos:

Ronaldinho Gaúcho preso no paraguai

Ronaldinho Gaúcho preso no paraguai, craque no Barcelona e um dos destaques do pentacampeonato do Brasil no Mundial de 2002, Ronaldinho Gaúcho voltou a ganhar espaço nos noticiários ao redor do mundo após ser detido no Paraguai com suspeita de adulterar os passaportes e documentos falsos.

Leia Mais: Prognósticos: De olho na Champions, Valencia visita o Alavés
Prognósticos: Colônia quer afundar o Paderborn na lanterna

banner bet365

Na última quinta-feira, R10 e o irmão Assis prestaram depoimento no Ministério Público do Paraguai e deram sua versão dos fatos e acabaram liberados para deixar o país, mas o ex-jogador preferiu ficar em Assunção até sexta-feira.

Dúvidas

 

Ainda não está claro o motivo de Ronaldinho e Assis portarem passaportes falsos no Paraguai, já que não existe a necessidade do documento entre países do Mercosul.

“Tanto o senhor Ronaldinho quanto seu irmão disseram que era um presente”, disse Federico Delfino, procurador paraguaio.

Ainda de acordo com a imprensa local, o homem suspeito de ter fornecido os documentos adulterados aos irmãos já foi detido e será investigado nos próximos dias.

Vida pós-carreira

Esta não é a primeira vez que Ronaldinho Gaúcho passa por problemas extra-campo. Recentemente, ele foi acusado sobre irregularidade com impostos, mas na ocasião não houve prisão e o caso foi abafado.

Agora, resta saber quando Ronaldinho irá se pronunciar oficialmente a imprensa brasileira. Ainda não há expectativa sobre coletiva ou declaração.

moovbet.com casino online no Brasil.

Compartilhe como seus amigos:

banner bet365