Seleção Brasileira: A inexplicável convocação do goleiro Ivan

Compartilhe como seus amigos:

seleção brasileira

Nesta sexta-feira, o técnico Tite convocou a Seleção Brasileira para os dois primeiros compromissos nas Eliminatórias, contra Bolívia e Peru, marcados para a última semana de março.

Leia Mais: Série B é maioria dos clubes na Terceira Fase da Copa do Brasil
Preso no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho é autorizado a deixar o país

banner bet365

Na lista apresentada a imprensa, o treinador apresentou algumas novidades, como, por exemplo, três jogadores do Flamengo (Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol), clube que comanda o futebol brasileiro devido ao futebol que rendeu quatro títulos em quatro meses.

Apesar da boa vontade do comandante em trazer jogadores ‘badalados’, Tite desperta a curiosidade coma paixão pelo goleiro Iván, da Ponte Preta.

O jovem de 22 anos teve a sua primeira convocação na temporada passada, quando nem ele esperava uma chamada. Na ocasião, a Macaca de Campinas não figurava entre os postulantes ao acesso e surpreendeu muita gente.

Meses depois, Ivan apareceu na Seleção Pré-Olímpica e, mesmo com a vaga garantida nos Jogos Olímpicos de Tóquio, o arqueiro falhou constantemente na competição e ficou longe de passar segurança aos companheiros e torcedores.

De volta a Ponte Preta, Ivan participou de quatro duelos e não viu a Ponte Preta vencer. O único resultado positivo foi na Copa do Brasil, quando a equipe empatou sem gols com o Vila Nova e passou nos pênaltis. Nos chutes do time goiano, o arqueiro também não defendeu uma cobrança, pois o pênalti errado do Vila foi para fora.

No último fim de semana, a Ponte Preta visitou o São Paulo no Morumbi e Ivan fez duas grandes defesas na etapa final, mas nada que impedisse mais uma derrota da equipe no Paulistão.

Faltando quatro rodadas para encerrar a fase de grupos do estadual, a Ponte Preta está na terceira colocação da chave A, com sete pontos. Ou seja, se o Primeira Fase encerrasse agora, a Macaca estaria fora.

Resta saber qual é a real justificativa de Tite para manter um goleiro que não figura entre as principais equipes do país e não consegue evitar derrotas do seu time dentro de campo.

Seleção Brasileira.

Compartilhe como seus amigos:

banner bet365