Atlético-MG irá recorrer mais uma vez, por caso de suspensão de Pavón na Libertadores

Compartilhe com seus amigos:

Atltético-MG irá recorrer mais uma vez, por caso de suspensão de Pavón na Libertadores

Antes de tudo, Crisitian Pavón e o Atlético-MG viram o pedido de recurso por suspensão na Libertadores, ser recusado mais uma vez. A saber, o clube viu a Conmebol com a segunda negativa a respeito do caso do atleta. A primeira tentativa de recurso, aconteceu Comissão Disciplinar da Conmebol e está última tentativa, foi junto ao Comitê de Apelação da Confederação Sul-Americana.

Dessa maneira, jogador e clube vão recorrer agora ao TAE (Tribunal Arbitral do Esporte), na Suiça, para tentar melhorar essa suspensão que foi atribuída em julho de 2021. A confusão aconteceu na época em que Pavón defendia o Boca Juniors e se envolveu em briga com os jogadores do Atlético-MG após eliminação do time argentino na Libertadores. A penalidade imposta pela Conmebol, irá prescrever em julho de 2024.

Dessa forma, o atleta recebeu punição de seis partidas pela competição. Quando o Boca Juniors viu que o jogador estava para negociar sua ida ao Atlético-MG, optou por não o relacionar em partidas. Dessa maneira, ele ficou de fora dos jogos pelo time argentino e não pôde cumprir os jogos de suspensão. Sendo assim, Pavón não conseguiu reforçar o clube mineiro nas partidas das quartas de final contra o Palmeiras.

Como dito anteriormente, o clube tentou formas de reduzir a pena junto a Conmebol, para que Pavón pudesse enfrentar o Verdão, porém foram sem resposta positiva. Sendo assim, o argentino começou a jogar apenas o Campeonato Brasileiro pelo clube mineiro, onde atuou duas vezes seguidas como titular na equipe. A saber, foi na derrota em casa de virada por 3 x 2 para o Athletico-PR e na vitória por 1 x 0 fora de casa, contra a equipe do Coritiba, pela última rodada do Brasileirão.

André Cury tem negativa da justiça em causa de venda de shopping do Atlético–MG

Antes de tudo, o empresário André Cury recebeu negativa por parte da justiça em relação a venda do shopping do Atlético-MG. A saber, a venda do Diamon Mall ocorreu no começo do mês, onde o Galo acertou o valor em cerca de R$ 340 milhões de reais, por 49,9% do shopping. Dessa maneira, Cury receorreu a justiça alegando que a venda foi fraudada, por deveria receber parte do valor. Seria um valor de mais de 60 milhões de reais, baseado em 28 ações movidas pelo empresário.

Percebe-se que os demandantes afirmam que possuem um crédito com o requerido de R$64.287.791,08 (sessenta e quatro milhões, duzentos e oitenta e sete mil, setecentos e noventa e um reais e oito centavos), proveniente de 28 (vinte e oito) processos (…) Percebe-se que os feitos encontram-se em diferentes fases, sendo que somente alguns deles foram sentenciados, não havendo trânsito em julgado certificado em nenhum deles

Próximo compromisso do Atlético-MG

Dessa maneira, o próximo compromisso do Atlético-MG, será em casa, no próximo sábado (20). A saber, a partida será contra o Goiás, pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo irá buscar uma reação também vencendo em casa, afinal de contas, contando Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, a equipe mineira não consegue vencer a quatro partidas, sendo duas derrotas e dois empates.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: