Cruzeiro empata com Brusque após final caótico em Santa Catarina

Compartilhe com seus amigos:

Cruzeiro empata com Brusque fora de casa após final caótico em Santa Catarina

Antes de mais nada, um jogo caótico entre Brusque e Cruzeiro e com toda a emoção no fim acabou resultando em 0 x 0 com direito a pênalti anulado do Brusque aos 47’ da segunda etapa.

Os melhores momentos – Brusque x Cruzeiro

Em breve.

1°tempo: VAR fica inativo por um curto período de tempo

Logo no início do jogo o árbitro de vídeo já teve um problema com câmeras inativas. Aos 2’ a arbitragem informou que o VAR havia sido reestabelecido mas que algumas câmeras não estão funcionando. Primeira chegada que resultou em um segundo lance veio do Brusque, que obteve um escanteio.  Entretanto, o primeiro grande lance da partida veio de um defensor cruzeirense, Bidu. Em uma cobrança de falta perto da área, cobrou um chute fechado e rasteiro que quase resultou em um gol contra da equipe mandante. O lateral Pará, ex-Flamengo, teve que ser substituído aos 13’ por uma lesão. Entra Édilson.

As substituições da primeira etapa não terminaram por aí e Geovane, do Cruzeiro foi substituído por Rômulo após lesão na coxa esquerda. Aos 23’ a troca aconteceu. Outros acontecimentos do primeiro tempo foram cartões amarelos para Zé Ivaldo, da raposa, Geovane já substituído e Alex Ruan do Brusque por uma falta dura. Enfim, perto do apito para o intervalo, Neto Moura tentou encontrar um passe para Romulo, mas não chegou à tempo de finalizar e encerrou os 45 minutos iniciais em 0 x 0. Cruzeiro teve dificuldades em conter a ofensiva adversária enquanto Neto e Siles tiveram dificuldade em ocupar espaços.

2°tempo: Penalidade convertida de mal jeito custou a vitória do Brusque

Logo no início da segunda etapa Chay já havia participado de uma jogada que levou perigo. Bidu novamente na finalização após um passe do recém chegado, mas o goleiro Jordan defendeu sem dar rebotes já que o arremate foi no centro do gol. Nesse sentido, Cruzeiro começou a se soltar mais com a entrada de Chay, chegando com Rômulo e Bidu. Paulo Pezzolano trocou um atacante, Edu pelo volante Breno tentando trazer mais estabilidade para o sistema de meio campo. Aos 26’ um erro do Cruzeiro quase custou o jogo com um recu de Chay pra Lucas Oliveira que se atrapalhou com a bola, mas conseguiu recuperar o controle para evitar maiores sustos.

Sem muito o que fazer, o técnico do Cruzeiro optou por botar Luvvannor aos 38´, retirando Neto para tentar uma abordagem mais ofensiva. Assim, o árbitro deu o adicional de quarto minutos e nesse ínterim um pênalti para o Brusque surgiu. Gabriel Taliari fez 1 x 0 para os catarinenses aos 47’. Contudo, o gol foi anulado pelo atacante do catarinense ter dado dois toques na bola. Assim, a partida encerrou empatada em 0 x 0

Situação na tabela e próximos jogos – Brusque x Cruzeiro

Em um jogo caótico quem perde é o Brusque quando vemos os dois toques na bola. Por outro lado, o Cruzeiro foi superior à todo momento e não conseguiu a vitória. Assim, ambos os times saem com ao menos um ponto e o celeste ainda tem uma certa vantagem para o Vasco, em torno de oito pontos. O próximo compromisso da raposa será contra o Tombense no sábado (6).

Foto destaque: Divulgação/Cruzeiro

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

  • Ranking Casa de Apostas

    Betfair

    Classificação

    Bet365

    Classificação

    Betano

    Classificação

    1.

    bet365.com

    5.0/5

    2.

    betfair.com

    4.9/5

    3.

    betano.com

    4.8/5

    4.

    1xbet.com

    4.7/5

    5.

    betway.com

    4.6/5

    6.

    bodog.com

    4.5/5