Fernando Diniz fala sobre emocional da equipe após eliminação na Copa do Brasil

Compartilhe com seus amigos:

Fernando Diniz fala sobre emocional da equipe após eliminação na Copa do Brasil

O técnico Fernando Diniz concedeu entrevista após a vitória do Fluminense sobre o Flamengo, por 2 x 1, neste domingo (18). A saber, o clássico carioca, que ocorreu no Maracanã, foi válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Assim sendo, um dos assuntos tratados foi o emocional após a eliminação na Copa do Brasil.

A saber, na última quinta-feira (15), o Fluminense perdeu para o Corinthians, por 3 x 0, e foi eliminado da competição na semifinal. Já que, no jogo de ida, as equipes empataram, em 2 x 2, no Maracanã. Mesmo que o Tricolor estivesse a frente no placar duas vezes. Desse modo, quem vencesse no jogo de volta, na Neo Química Arena, ficaria com a vaga para a grande final.

Assim sendo, durante a entrevista, o técnico Fernando Diniz afirmou que a noite da eliminação não deveria passar em branco. Já que a derrota deixou lições e a equipe precisava aprender com o acontecimento.

A primeira coisa foi não deixar a noite de quinta-feira passar em branco. Temos que aprender com aquilo que aconteceu. A maior derrota do jogo contra o Corinthians foi deixarmos de fazer aquilo que poderíamos ter feito em determinados momentos do jogo. Aquele jogo não volta mais, mas tinha que ficar o ensinamento. Os jogadores perceberam que tínhamos que fazer mais e precisamos continuar fazendo mais. Nunca temos garantias se vamos vencer partidas. A partida contra o Corinthians doeu mais porque sabíamos que poderíamos ter feito mais. Hoje, contra o Flamengo, ficou muito claro que tínhamos que jogar no nosso limite e foi o que fizemos” disse Fernando Diniz.

Clima no vestiário

Posteriormente, o treinador do Fluminense contou como estava o clima no vestiário antes do clássico contra o Flamengo. Assim sendo, segundo o comandante, o clima era bom. Já que os jogadores tinham o propósito de vencer o rival.

O clima antes do jogo estava muito bom porque a derrota de quinta não poderia passar em branco. Isso é o compromisso de um time que tem propósito. Porque se não tivesse propósito, a derrota poderia levar o time para a lona. Hoje, o momento do Flamengo é espetacular. Talvez seja o melhor time do continente, não só do Brasil, uma equipe que tem dois times praticamente do mesmo nível” disse Fernando Diniz.

Fernando Diniz elogia torcida do Fluminense

Por fim, o técnico Fernando Diniz elogiou a torcida do Fluminense. Assim sendo, segundo o treinador, os torcedores levam o time no colo quando estão presentes no Maracanã. Inclusive, lembrou a partida contra o Fortaleza, em jogo válido pela volta das quartas de final da Copa do Brasil. A saber, o Tricolor terminou a primeira etapa perdendo, por 2 x 0. Mas conseguiu reagir na etapa complementar e deixou tudo igual. Desse modo, ficou com a vaga na fase seguinte da competição.

A torcida do Fluminense é linda. Quando estava no jogo contra o Cuiabá tinha 50 mil. Contra o Flamengo não sei quantos tricolores vieram. Eu adoro ver o tricolor aqui. Até para me xingar eu prefiro que sejam 50 mil. Porque uma das coisas que eu mais gosto dessa minha passagem no Fluminense é ver o estádio cheio de tricolores. O torcedor do Fluminense, aqui então, leva o time no colo. Se não estivesse aqui contra o Fortaleza não sei se teria sido daquele jeito. Se não estivesse na despedida e pré-despedida do Fred, não sei se seria daquele jeito. O maior craque do time é o nosso torcedor. Quando está aqui apoiando e é apaixonado, fazem uma festa do caramba. É o que a gente gosta” encerrou Fernando Diniz.

Foto destaque: Divulgação/Fluminense FC

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: