Grêmio vê título da Série B distante, mas acesso é muito provável

Compartilhe com seus amigos:

Grêmio vê título da Série B distante, mas acesso é muito provável

No último domingo (21), o Grêmio travou um confronto direto com o Cruzeiro entre duas das equipes que mais visam o título da Série B. No entanto, o empate na Arena lotada foi um banho de água fria para quem esperava que o Tricolor diminuiria a diferença para a Raposa.

A saber, com o resultado de 2 x 2, o Grêmio ainda está a 10 pontos do líder Cruzeiro, e vê a taça da Série B à distância. Mas matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) veem a probabilidade do acesso do Tricolor Gaúcho beirando os 90% neste momento.

Probabilidades de acesso do Grêmio são altíssimas

A probabilidade do Grêmio conquistar seu acesso para a Série A no fim da temporada é altíssima. Pelo menos é o que garante os matemáticos da UFMG. A saber, eles já trabalham há quase duas décadas no ramo futebolístico fazendo projeções nas disputas do futebol brasileiro. Portanto, já possuem certa credibilidade. No entanto, claro que tudo se trata de uma tendência, e as vezes pode até não se concretizar.

Mas o fato agora é que, se o Grêmio seguir com essa campanha na Série B, no fim do ano estará de volta à elite do futebol brasileiro. A saber, os matemáticos projetam que o Tricolor Gaúcho tem 87% de possibilidade de subir. Em suma, o Imortal está em 3º lugar com 44 pontos, oito acima do 5º colocado Tombense que tem 36 pontos.

O cenário geral é que o clube está bem encaminhado com seu objetivo de voltar à Série A. Se a Série B seguir do mesmo jeito que está agora, o Grêmio com certeza estará na Primeirona. Até mesmo o Vasco, que está em 4º, com 42 pontos, tem 60% de chances de subir. E a Tombense tem 16% agora, mesmo estando em 5º lugar. Em suma, o único virtualmente classificado é o líder Cruzeiro, que tem 99% de possibilidades.

Empates distaciaram o Grêmio do título

Apesar do acesso estatísticamente garantido, o Grêmio imaginava um outro tipo de disputa nesta Série B. Com a folha salarial enorme de R$13 milhões iniciais, R$10 milhões acima da segunda maior folha (do Vasco), o Tricolor visava o título. Mas acabou tropeçando em um número muito elevado de empates para um clube que quer a taça.

Para se ter uma ideia, o Grêmio tem o mesmo número de derrotas do melhor time da Série B. A saber, o Cruzeiro perdeu três vezes até aqui, mesmo número de vezes do Tricolor. No entanto, o que distancia ambas equipes com tantos pontos (10) são justamente os empates. Em suma, a Raposa empatou apenas seis vezes até aqui. Enquanto isso, o Imortal ficou na igualdade em 11 oportunidades, dos 25 jogos que disputou. Além disso, os mineiros saíram de campo vitoriosos 16 vezes, contra 11 dos gaúchos. Portanto, isso tudo contribuiu para os Celestes terem 92,5% de chance de título hoje, contra apenas 3,1% do Grêmio.

Muitos gremistas atribuem essa distância do Grêmio em relação ao título ao esquema defensivo utilizado por Roger Machado em grande parte da Série B. A saber, o ataque do time também demorou a engrenar, dependendo muito de Diego Souza.

Foto destaque: Divulgação / Grêmio FBPA

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: