Outras publicações de seu time:

[xyz-ips snippet="post-categoria2"]

Palmeiras x Flamengo: um clássico além do Brasileirão

Compartilhe com seus amigos:

Palmeiras x Flamengo: um clássico além do Brasileirão

Palmeiras x Flamengo: um clássico além do Brasileirão. Sem dúvidas, o confronto de logo mais é o maior da última década. A saber, não só pela alta rivalidade criada recentemente entre ambos, mas pelo número de conquistas na ultima década. Por fim, créditos à TNT Sports que trouxe esse dado como curiosidade nas redes e será um dos pontos analisados aqui também.

Palmeiras x Flamengo: um clássico além do Brasileirão

Em suma, no âmbito nacional e internacional o Palmeiras é o clube brasileiro mais feliz e campeão nos últimos dez anos, aproximadamente. A saber, aqui foi considerado uma extensão dos últimos títulos disputados no Brasil e assim o Palmeiras tomou a dianteira. Confira as conquistas dos três maiores campeões:

Palmeiras (8)

  • Brasileirão (2016, 2018)
  • Copa do Brasil (2012, 2015, 2020)
  • Libertadores (2020, 2021)
  • Recopa (2022)

Flamengo (7)

  • Brasileirão (2019, 2020)
  • Copa do Brasil (2013)
  • Libertadores (2019)
  • Recopa (2020)
  • Supercopa (2020, 2021)

Corinthians (6)

  • Brasileirão (2011, 2015, 2017)
  • Libertadores (2012)
  • Mundial (2012)
  • Recopa (2013)

De fato, caso não fosse explícito aqui, o torcedor Rubro-Negro teria o total direito de questionar. Pois a priori, seguindo a ordem da década (2011-2020), Palmeiras, Flamengo e Corinthians ficaram empatados com seis troféus cada de forma oficial.

Corinthians: entre tantos, viva Adenor Bacchi!

De fato, o senhor Adenor é o comandante do Timão desta última década. Por curiosidade, como não foi contado estaduais ou títulos de divisões inferiores, o Paulistão 2013 não entrou na lista. Contudo, a importância do técnico fica indiscutível quando a matemática mostra que dos seis títulos conquistados, cinco são sob o comando do mais conhecido como Tite.

O impacto de suas variações táticas, triangulações, defesa alta quando necessário, entrosamento do meio campo com seus pontas… o maestro Paulinho também parecia o Tite jogador. Fazia o que talvez Adenor faria em campo quando gritava para seus comandados a movimentação que queria. Inteligente como é, Paulinho ajudava.

Carille: o último campeão

Decerto, Fábio Carille é o último campeão dessa lista quando conquistou com a sua equipe o Campeonato Brasileiro 2017. A saber, um time desacreditado diante da impressa. De fato, não era um elenco recheado de craques, mas foi obediente aos pedidos de seu comandante e com um grupo fechado mostrou do que um coletivo podia ser capaz. Por curiosidade, lembra um pouco o Palmeiras hoje em relação a poder de grupo. No entanto, com menos estrelas e potencial, claro.

Por fim, como já dito, os estaduais não entraram na lista. Ponto negativo para Carille que fez algo que nem Tite conseguiu. A saber, ser tricampeão consecutivo do Paulistão (2017, 2018 e 2019). De todo modo, a história está escrita e Carille tem mérito no livro do Timão.

“Temos que jogar à la Flamengo”: era Mister JJ

Sem dúvidas, ainda mais recente na memória do público, a era do JJ marcou pelos títulos e jeito de jogar. De fato, o à la Flamengo era envolvente. A saber, foi comparado com a teia de aranha Rubro-Negra de 81 e até com o estilo rock ‘n roll de Jürgen Klopp no Liverpool. Jorge Jesus venceu quatro dos sete computados troféus nesta lista. Decerto, sua importância é indiscutível inclusive na mudança para o “oto patamar”.

Contudo, antes de falar de Rogério Ceni é de suma inportância parabenizar Jayme de Almeida que por vezes não é lembrado pela sua conquista como técnico interino da Copa do Brasil 2013. Título muito importante na época em que o Fla começou seu processo de reestruturação financeira.

Agora sim, Ceni entra na lista como campeão do Brasileirão 2020 e Supercopa 2021 logo no pós era JJ. De fato, também um momento importante para o torcedor, mas não tão valorizado. Sem dúvidas, por conta de erros ao ver da torcida, acúmulo de resultados negativos em campo e falta de personalidade na maneira de jogar como a Nação se acostumou com o Mister. Por fim, Dorival Júnior parece ser o próximo a entrar na lista dos campeões, mas isso precisa aguardar os seguintes capítulos.

Palmeiras: dentre tantos, o gajo já é o mais querido

Abel Ferreira dispensa comentários hoje. Abel venceu quatro dos oito computados troféus nesta lista. A saber, ainda tem o Paulistão 2022 por fora que contabilizam cinco troféus em menos de três anos. Um descobridor do caminho campeão para o Palmeiras.

O verdão já era grande. Felipão também é ídolo e venceu a Copa do Brasil 2012, de forma invicta, além do Brasileirão em 2018. A saber, Marcelo Oliveira também trouxe a taça da Copa do Brasil 2015 enquanto Cuca levou o Palmeiras ao primeiro lugar com o jovem Gabriel Jesus no Brasileirão 2016.

No entanto, o que Abel já criou e continua criando fazem do português o melhor e maior técnico palmeirense no século 21 e talvez da história. Certamente será, se continuar assim.

Palmeiras x Flamengo

Por fim, acompanhe esta partida importante para a sequência do Brasileirão neste domingo às 16h (horário de Brasília) no Allianz Parque pelos canais Premiere.

 

Foto destaque: Reprodução/Shaftscore

Compartilhe como seus amigos:

  • Ranking Casa de Apostas

    Betfair

    Classificação

    Bet365

    Classificação

    Betano

    Classificação

    1.

    bet365.com

    5.0/5

    2.

    betfair.com

    4.9/5

    3.

    betano.com

    4.8/5

    4.

    1xbet.com

    4.7/5

    5.

    betway.com

    4.6/5

    6.

    bodog.com

    4.5/5