Áudio de VAR entre Palmeiras x São Paulo causa indignação aos torcedores alviverde

Compartilhe com seus amigos:

Áudio de VAR entre Palmeiras x São Paulo causa indignação aos torcedores alviverde

Primeiramente, o Palmeiras venceu o São Paulo no jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, por 2 × 1, mas pelo placar agregado, a vaga foi decidida nos pênaltis e a equipe de Abel Ferreira foi eliminada.

No entanto, dois lances afetaram diretamente o resultado da partida, o primeiro a não marcação de um pênalti em Dudu, ainda no 1º tempo, e, no 2º tempo, a marcação de um pênalti que resultou no gol do Tricolor.

A noite de sábado (16) foi de indignação nos bastidores do Palmeiras após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgar os áudios da comunicação entre o árbitro Leandro Vuaden e a equipe de VAR; Emerson de Almeida Ferreira e Marcus Vinicius Gomes; dos lances do clássico.

Em análise publicada no site, a CBF admite erro da equipe do VAR ao não traçar a linha de impedimento na origem da jogada para avaliar se a posição de Calleri era legal.

O lance, de fato, é ajustado e somente poderia ser revisado com ajuda do recurso eletrônico, o que estava à disposição e não foi utilizado.

“O árbitro assistente de vídeo deveria ter observado os melhores ângulos disponíveis. Em lances ajustados, a linha virtual deve ser utilizada para a confirmação da decisão de campo”, diz o vídeo da CBF.

Portanto, nos áudios do VAR nos lances polêmicos do clássico entre Palmeiras São Paulo:

“Tem duas ações do defensor, tá ok? E o atacante tenta jogar por duas vezes consecutivas e não consegue”, diz o VAR para Vuaden.

“Perfeito. Depois ele cai e não consegue jogar. Pênalti e cartão amarelo”, responde o árbitro de campo.

No entanto, o erro admitido pela Confederação, não é o suficiente para que a partida entre Palmeiras e São Paulo seja anulada. Portanto, o erro de protocolo não permite que a equipe prejudica pense nessa ação.

Até então, o time, por enquanto, não se manifestou publicamente sobre o caso. Em contrapartida, internamente, porém, o clima é de revolta com a constatação do erro considerado grave em um jogo decisivo.

Análise do jogo

Em síntese, o principal ponto da discussão foi o pênalti marcado a favor do adversário no 2º tempo do Choque-Rei. Assim, o gol marcado por Luciano levou a decisão para as cobranças de pênaltis que eliminaram o Verdão do torneio.

Dessa forma, outros pontos abordados pelos palmeirenses foram uma possível falta do argentino em Gustavo Gómez e a disputa entre os dois dentro da área.

Contudo, a imagem mostra a camisa do defensor paraguaio sendo puxada, mas a discussão foi apenas sobre duas ações de Gómez contra o adversário.

Por exemplo, a primeira marcação de Vuaden foi de toque de mão de Calleri, no fim do lance. Nesse sentido, o VAR, porém, recomendou a revisão da jogada por possível penalidade. Com isso, a infração foi confirmada pelo árbitro.

Assim também, a análise divulgada pela CBF mostra a discussão de outra reclamação palmeirense, ou seja, uma disputa de Dudu com Diego Costa dentro da área, no 1º tempo. Entretanto, o lance não teve revisão, e a decisão de campo foi mantida.

Em suma, entre os palmeirenses, há reclamação sobre os critérios da arbitragem sobre a decisão de revisar apenas um dos lances polêmicos.

Conforme o ofício encaminhado à CBF, o Palmeiras reuniu imagens para defender as reclamações. Ao mesmo tempo, o clube também pediu que a CBF reforce aos profissionais que comandam o VAR a importância de analisar o lance completo das jogadas e não apenas o momento principal. O time entende que não houve uma análise completa devido à rapidez que os profissionais do VAR chamaram Vuaden.

Penalização aos VAR

De antemão, a diretoria palmeirense entende que a eliminação na Copa do Brasil representou prejuízos esportivo e financeiro.

Logo, o Verdão cobra a responsabilização dos envolvidos no clássico, mas Vuaden comandou a partida entre Ceará x Corinthians, na noite deste sábado (16).

Aliás, apenas Emerson de Almeida Ferreira e Marcus Vinicius Gomes, da equipe de VAR, foram retirados da partida entre Athletico-PR Internacional, após as polêmicas no clássico paulista a CBF comunicou que eles “estão sob avaliação de seu desempenho técnico”.

Do mesmo modo, há pressão interna no clube para que a diretoria faça um novo protesto na CBF e se manifeste publicamente contra a entidade.

Foto destaque: Divulgação/Cesar Greco/Palmeiras

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Palmeiras x Santos
Notícias Palmeiras
Carolina Castro

Com um a menos, Palmeiras vence do Santos

Neste domingo (18), aconteceu o confronto entre Palmeiras x Santos no Allianz Parque pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em suma, o Palmeiras ganha do Santos e confirma favoritismo para levar

Leia mais »