Palmeiras passa Cruzeiro, Estudiantes, Peñarol, Santos e Vasco e se tornar melhor ataque da história da Libertadores

Compartilhe com seus amigos:

Palmeiras passa Cruzeiro, Estudiantes, Peñarol, Santos e Vasco e se tornar melhor ataque da história da Libertadores

Em primeiro lugar, o torcedor palmeirense viveu uma festa em grande estilo na noite desta última quarta-feira (6), no Allianz Parque. Com direito a gol de bicicleta de Rony, o Palmeiras goleou o Cerro Porteño por 5 X 0 e avançou para as quartas de final da Copa Libertadores.

Sendo assim, confirmou o favoritismo, com boa atuação, reforçando o rótulo de forte candidato ao título, que seria, no caso, o quarto na história e o terceiro seguido.

Com a classificação, o Palmeiras agora encara o Atlético-MG nas quartas de final da competição. Para avançar de fase, o Galo venceu o Emelec, que estava no grupo do Verdão. Como tem melhor campanha, a equipe de Abel Ferreira decide o confronto em casa mais uma vez.

Em suma, no ano passado, paulistas e mineiros fizeram a semifinal do torneio, e o Verdão levou a melhor. Contudo, as quartas de final serão nas semanas dos dias 3 e 10 de agosto.

A princípio, dono da melhor campanha da história da competição até o momento, o Verdão alcançou a 9º vitória consecutiva na Libertadores, isolando-se como recordista no quesito, no entanto o número considera a final da edição passada, contra o Flamengo. O recorde, até então com oito vitórias, era dividido com outros cinco times, sendo eles: Cruzeiro, Estudiantes de La Plata, Peñarol, Santos e Vasco.

Melhor ataque da história

Com 33 gols marcados em oito jogos, o Palmeiras igualou a própria marca de 2020 e do Flamengo, no ano passado, como o ataque mais positivo da história da Libertadores.

Com pelo menos mais dois jogos para fazer na competição, o Verdão pode se isolar no quesito e ampliar a vantagem do poderoso setor ofensivo, que tem média de 4,1 gols por jogo.

Quando levados em conta apenas os oito primeiros jogos, também se destacam o Cruzeiro de 1976, com 27 gols, o Santos de 1962, com 26 gols e o próprio Palmeiras de 2020, com 25 gols. Todos acabaram campeões em suas respectivas edições.

Desde que Abel Ferreira assumiu a equipe em 2020, nenhum outro clube marcou mais gols na Libertadores do que o atual bicampeão.

Portanto, o Alviverde produziu para marcar 56 gols sob o comando da comissão portuguesa no torneio continental. Porém, foi às redes em impressionantes 78 oportunidades. Em síntese, o segundo clube que mais marcou gols nesse período foi o Flamengo, com 51.

Recorde próximo a ser alcançado

De antemão, o Palmeiras está a dois jogos de se tornar o time com maior invencibilidade da Libertadores. Dessa forma, com a vitória sobre o Cerro, o Verdão chegou aos 16 jogos sem ser derrotado na competição. Atualmente, o recorde pertence ao Atlético-MG, com 18 jogos sem derrotas.

O Galo, aliás, será o adversário do Palmeiras na briga por uma vaga na semifinal da competição. Portanto, caso não seja derrotado nos dois jogos, o alviverde iguala a série invicta do rival e tem chance de avançar de fase.

Palmeiras domina as principais estatísticas da Libertadores

  • Mais vezes campeão com três títulos
  • Mais finais disputadas sendo seis vezes
  • Mais edições disputadas ao todo são 22
  • Mais edições disputadas consecutivamente com 7
  • Mais jogos com 218
  • Mais vitórias com 125
  • Mais vitórias como mandante com 75
  • Mais vitórias como visitante com 48
  • Mais vitórias fora do Brasil com 44
  • Mais gols sendo 425
  • Mais gols como mandante com 251
  • Mais gols como visitante com 171
  • Mais gols fora do país com 145

Foto destaque: Divulgação/Cesar Greco/Palmeiras

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Palmeiras x Santos
Notícias Palmeiras
Carolina Castro

Com um a menos, Palmeiras vence do Santos

Neste domingo (18), aconteceu o confronto entre Palmeiras x Santos no Allianz Parque pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em suma, o Palmeiras ganha do Santos e confirma favoritismo para levar

Leia mais »