Raphael Veiga está perto de atingir marca importante pelo Palmeiras

Compartilhe com seus amigos:

Rafael Veiga está perto de atingir marca importante pelo Palmeiras

O Palmeiras entra em campo para enfrentar o Cuiabá nesta segunda-feira (18), às 20h (horário de Brasília), no Allianz Parque, em jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão. Além de valer a liderança na tabela, o duelo traz uma marca importante para o meia Raphael Veiga com a camisa do Verdão.

A saber, Veiga chegará a duzentas partidas pelo clube. Até o momento, em 199 jogos, ele soma 62 gols e 20 assistências. Assim, com 17 gols na temporada, ele é o vice-artilheiro da equipe, atrás de Rony.

No entanto, se considerar os dois gols marcados no Mundial de Clubes (válidos pela temporada de 2021), ele está à frente do camisa 10, com 19 bolas na rede.

Em suma, o camisa 23 foi o principal jogador da equipe de Abel Ferreira nos primeiros meses do ano, porém sofreu com Covid-19 e com uma lesão muscular nos últimos dois meses. Nesse sentido, isso acabou tirando o jogador do ritmo, que ainda não foi readquirido.

Além disso, antes invicto na marca do pênalti, com 24 gols em 24 cobranças, o meia já soma três erros consecutivos, sendo dois na vitória por 2 x 1 diante do São Paulo, pela Copa do Brasil na última quinta-feira (14), quando o Alviverde acabou eliminado na disputa por penalidades.

Veiga se manifesta nas redes sociais

De antemão, nas redes sociais, Veiga lamentou bastante a perda dos pênaltis no jogo decisivo.

“Não tem ninguém nesse mundo mais chateado que eu depois desse jogo. A vida é muito louca. Há um mês me intitulavam como um “dos caras” para bater um pênalti. Hoje errei dois no mesmo jogo. Já fui decisivo em jogo grande. Acertei o pênalti de maior responsabilidade da minha carreira e errei hoje. Nem nunca e nem sempre. É isso. Nem o melhor e nem o pior. Errar às vezes, assumir as responsabilidades SEMPRE”, postou Veiga, em suas redes sociais.

Mensagens de apoio ao jogador

Em síntese, na entrevista coletiva após a partida, o técnico Abel Ferreira saiu em defesa de Veiga.

“Futebol é isso. Nosso melhor batedor hoje falhou dois pênaltis. Quer que eu explique o quê? […] O Veiga é profissional. Sabe que tem o apoio dos colegas, vai errar como todos erramos. Temos a mania de cobrar que os jogadores sejam perfeitos em tudo que fazem, mas não são. São sujeitos a um nível de estresse e calendário bastante grandes”, declarou o português.

Nesse sentido, a Presidente do Palmeiras, Leila Pereira também deixou uma mensagem de apoio ao jogador.

“Você é GIGANTE! Seu talento é IMENSO! Vamos em FRENTE, tenho um profundo orgulho de contar com seu talento em nosso elenco brilhante! Cabeça Erguida e AVANTI Veiga!!”, escreveu.

Do mesmo modo, o ex-goleiro do Palmeiras Fernando Prass também foi em defesa do meio, após comentário do jornalista Cosme Rimoli, no texto publicado em sua coluna no site “R7”. Segundo o jornalista, o meia foi o responsável pela eliminação do Verdão para o São Paulo na Copa do Brasil, por exemplo. Além disso, afirmou que o atleta foi soberbo na hora de cobrar o pênalti.

Dessa forma, Prass afirmou que desperdiçar uma cobrança é normal e ponderou que as recentes críticas infundadas dos veículos de comunicação estão mais prejudicando do que ajudando os jogadores e diretores que trabalham no dia a dia do clube de futebol.

“Hoje me deparei com um texto lamentável sobre o Raphael Veiga. Lógico que respeito a liberdade de expressão, mas não posso me calar com uma crítica descabida. Se a análise fosse meramente técnica, sobre a forma como cobrou o pênalti, seria compreensível. Mas escrever que o Palmeiras perdeu devido ao ego do Veiga que segundo o jornalista “Queria provar para ele mesmo que seguia o grande batedor do Palmeiras”, é no mínimo desonesta”, disse o ex-goleiro.

Assim também, o ex-meia Jorge Valdivia, defendeu Raphael Veiga e aproveitou para provocar a imprensa.

“Quem foi Muralha? Vamos quebrar ele agora … A imprensa está esperando esse momento há muito tempo. [Palmeiras] Acima de tudo. E o Veiga merece todo nosso respeito com certeza”, escreveu o ex-meia.

Trajetória do meia no clube Alviverde

Em primeiro lugar, desde 2017 vinculado ao Palmeiras, Veiga chegou a ser emprestado ao Athletico-PR em 2018, e foi se firmar somente em 2020, quando passou a ser titular absoluto com Abel Ferreira, e um dos pilares da equipe nessas últimas conquistas com o treinador.

Mesmo em fase de retomada e com a sequência de pênaltis perdidos, ele segue sendo o mais decisivo do time na temporada.

Sendo assim, até aqui são 26 participações em gols no ano, o que significa 26,3% dos 99 tentos que a equipe marcou em 2022, a cada quatro, um tem influência direta do camisa 23.

Jogadores com mais participação em gols do Palmeiras em 2022

  • 1º Raphael Veiga – 26 participações (19 gols e 7 assistências)
  • 2º Rony – 21 participações (18 gols e 3 assistências)
  • 3º Gustavo Scarpa – 18 participações (8 gols e 10 assistências)
  • 4º Rafael Navarro – 13 participações (7 gols, 3 assistências e 3 pênaltis sofridos)
  • 5º Dudu – 13 gols (7 gols e 6 assistências)

Foto destaque: Divulgação/Cesar Greco/Palmeiras

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Palmeiras x Santos
Notícias Palmeiras
Carolina Castro

Com um a menos, Palmeiras vence do Santos

Neste domingo (18), aconteceu o confronto entre Palmeiras x Santos no Allianz Parque pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em suma, o Palmeiras ganha do Santos e confirma favoritismo para levar

Leia mais »