Rony iguala marca de Pelé e Zico na Libertadores

Compartilhe com seus amigos:

Rony iguala marca de Pelé e Zico na Libertadores

O atacante Rony marcou dois gols do Palmeiras na vitória por 3 x 0 sobre o Cerro Porteño, fora de casa, nesta quarta-feira (29), pelo jogo de ida das oitavas de final da Libertadores.

Com isso,  o atual camisa 10 passa a ser, isoladamente, o maior artilheiro do Verdão em toda a história da Libertadores, com 16 gols.

Além disso, ele chegou ainda à artilharia máxima do time pela temporada atual (16 gols em 2022, ao lado de Raphael Veiga), e ainda, com o resultado, o Palmeiras entrou para a lista dos times com mais vitórias seguidas na Libertadores em todos os tempos.

A princípio, antes de entrar em campo, Rony estava igualado na 1ª posição em número de gols com Raphael Veiga na lista dos maiores artilheiros do Verdão em jogos de Libertadores em todos os tempos – ambos com 14 bolas na rede.

Entretanto,  por duas décadas, o topo dessa lista jamais sofrerá modificação, desde que o ex-meia e ídolo Alex, em 2001, chegou a 12 gols.

Rony iguala outros grandes jogadores

A saber, com esses 16 gols, Rony igualou a marca de outros jogadores, como Pelé, Zico e Jardel que somam 16 gols no Continental. Já o maior artilheiro brasileiro em jogos de Libertadores é o atacante Luizão, com 29 gols, que vestiu a camisa do Palmeiras em 1996, enquanto o maior artilheiro geral da Libertadores é o equatoriano Alberto Spencer, com 54 bolas na rede (a maioria delas pelo Peñarol) entre os anos 60 e 70.

Jogador mais utilizado em 2022

De antemão, Rony vem acumulando ótimas marcas em 2022. Uma delas, a de ser o jogador mais utilizado por Abel Ferreira na atual temporada, são 38 partidas disputadas de 42 possíveis, além de que, neste ano, nenhum outro jogador atuou tantas vezes em sequência na condição de titular quando o atacante alviverde, foram 14 partidas seguidas dentre os 11 desde o começo do jogo.

Nesse sentido, o atacante vem de 23 jogos seguidos e esta é a maior série atual de jogos seguidos dentre o elenco palmeirense.

Assim, o último jogo do qual o atleta não participou foi em 6 de abril, na goleada contra o Deportivo Táchira, por 4 x 0 fora de casa. Depois, esteve presente em campo em todas as partidas possíveis.

Marca na história do Palmeiras

Além disso, com os dois gols na partida de ontem, Rony chegou à sua 39ª bola na rede pelo Alviverde e, com isso, o atacante, que já soma 138 jogos pelo clube desde que chegou em 2020, saltou da 83ª para a 76ª posição dos maiores artilheiros da história do clube.

Isso porque, com 37 gols, antes dividiam o ranking 83ª com Rony os jogadores Alex Mineiro (atacante de 2008) e Cabeção (atacante dos anos 40); e com 38 gols, estavam na 80ª colocação três atletas: Moacir (anos 50), Viola (anos 90) e Diego Souza (no clube de 2008 a 2010).

Agora, Rony ultrapassou todos esses nomes, e divide a 76ª colocação do ranking geral de artilheiros palmeirenses com Aquiles (atacante dos anos 50), Euller (atacante dos anos 90), Kleber Gladiador (no Verdão em 2008 e, depois, de 2010 a 2011) e coincidentemente um companheiro do grupo atual: Gustavo Scarpa, com as mesmas 39 bolas na rede.

Em suma, se considerados os artilheiros palmeirenses apenas neste século, Rony ocupa a 6ª posição, ao lado de Gustavo Scarpa e de Kleber Gladiador.

Top 10 dos maiores artilheiros palmeirenses do século

  • 1º Dudu com 81 gols
  • 2º Willian Bigode com 66
  • 3º Raphael Veiga com 61
  • 4º Vágner Love com 54 gols
  • 5º Valdivia com 41 gols
  • 6º Kleber Gladiador, Rony e Gustava Scarpa com 39 gols
  • 7º Diego Souza com 38 gols
  • 8ºAlex Mineiro com 37 gols
  • 10º Borja com 36 gols

 Foto destaque: Divulgação/Cesar Greco/Palmeiras

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Palmeiras x Santos
Notícias Palmeiras
Carolina Castro

Com um a menos, Palmeiras vence do Santos

Neste domingo (18), aconteceu o confronto entre Palmeiras x Santos no Allianz Parque pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em suma, o Palmeiras ganha do Santos e confirma favoritismo para levar

Leia mais »