Diniz comenta reencontro com São Paulo e revela ”culpado” por perda do Brasileirão 2020

Compartilhe com seus amigos:

Diniz comenta reencontro com São Paulo e revela ''culpado'' por perda do Brasileirão 2020

Neste domingo (17), o São Paulo enfrentou o Fluminense, do técnico Fernando Diniz. Como resultado, o comandante já esteve no Tricolor Paulista, entre 2019 e 2021, e alguns torcedores guardam a passagem do profissional com carinho. Logo depois da partida, Diniz comentou sobre o seu desempenho no time.

– A primeira coisa que eu tenho é gratidão pelos momentos que vivi aqui. Conseguimos fazer um trabalho espetacular. Aquele momento que a gente distanciou um pouco no Campeonato Brasileiro, era uma vantagem que chegou a ser de sete pontos, mas na realidade tinha jogos a mais. Não era uma vantagem muito real ali. Como estávamos jogando provavelmente o melhor futebol competitivamente e esteticamente do Brasil, nós colocamos um doce muito gostoso na boca do torcedor que infelizmente teve um fim desagradável – disse em entrevista coletiva.

Mudança de gestão

– Teve uma mudança de gestão. Eu sou muito grato à maneira como o Raí, o Pássaro e o Leco me ajudaram. Tivemos momentos aqui de eliminação do Mirassol, mas soubemos nos fechar e ficar mais unidos. Tive apoio da instituição. Acho que os frutos maiores foram os jogadores que conseguimos lançar. Não contratamos ninguém em um ano e seis meses. Depois que eu saí, não sei quantas contratações, mais de 20. Conseguimos lançar muitos jogadores, recuperar outros, descobrir outras posições, por exemplo para o Léo Pelé – afirmou.

– Nessa mudança de gestão infelizmente entrou uma gestão que era o contrário daquela, oposição mesmo. Durante toda campanha foi batendo em quem estava aqui. Era uma proposta de reformular. Quando mudou, meu aproveitamento, que era excepcional, foi para 10%. Em sete jogos a gente empatou dois e perdeu o resto. Não culpo a gestão que entrou, mas existiu uma desarmonia muito grande. Tinham que fazer as mudanças, mas quando entraram o ar harmônico deixou de existir porque iam tirar pessoas importantes no processo – completou Diniz.

– Na minha opinião aquele momento era para manter e pensar no bem maior que era o São Paulo. Aquela gestão não era um trabalho só de treinadores e jogadores, era de muita gente. Quando entrou essa desarmonia aconteceu e na minha opinião foi um dos pontos que fez a gente ter a queda. Com tudo isso, sou extremamente grato. Da maneira como cheguei e como saí, o que vivemos aqui. O número de jogadores que potencializamos, as vendas. O Brenner, o Sara, o Antony e outros tantos. A subida do Nestor, do Diego Costa. Aquele trabalho do São Paulo foi uma pena para o clube e para o futebol brasileiro que não tenha terminado com títulos. Mas minha relação é de gratidão – finalizou.

Detalhamento do duelo de São Paulo x Ceará foi divulgado

  • Ida: São Paulo x Ceará, dia 03/08 (quarta-feira), às 19h15, no Morumbi.
  • Volta: Ceará x São Paulo, dia 10/08 (quarta-feira), às 19h15, na Arena Castelão.

Leia mais sobre o São Paulo:

Patrick fala sobre empate contra o Fluminense

O volante Patrick anotou o segundo gol tricolor e teve uma ótima oportunidade de fazer o terceiro, mas chutou cruzado para fora. O atleta foi eleito o melhor jogador do duelo em votação da detentora de transmissão. Logo depois da partida, o camisa 88 comentou o lance perdido e falou sobre o desgaste físico do time.

– Acho que um pouco a mais, eu conseguia o capricho para cruzar para o Calleri. É trabalho. A gente está trabalhando, se dedicando, para aguentar o máximo fisicamente possível para essa temporada que é muito difícil, muitos jogos, sequência grande – iniciou o volante.

– Tivemos um jogo muito intenso no meio de semana (contra o Palmeiras), hoje enfrentamos o Fluminense, que é um time que te obriga a usar o físico, te obriga a correr para recuperar a bola, tem qualidade para trabalhar. Vieram (torcedores) para nos saudar pelo jogo de quinta-feira, que não podiam estar presente e para nos dar força no jogo de hoje – disse.

– Saímos atrás, revertemos o placar, só que infelizmente em um lance de bola parada tomamos o gol. Sofremos um pouco com a posse de bola deles, talvez isso tenha dificultado um pouco a partida. É levantar a cabeça, lamentar pelo empate, mas continuar trabalhando porque o campeonato é longe e nós temos um objetivo dentro dele – completou.

São Paulo fatura alto com classificações

Na Sul-Americana, São Paulo já faturou 2 milhões de dólares (R$ 10,5 milhões) e pode chegar a 7,8 milhões de dólares (R$ 41 mi), caso seja campeão. Na Copa do Brasil, Tricolor já arrecadou R$ 7,67 milhões e, ao eliminar o Palmeiras, recebeu mais R$ 3,9 mi.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

  • Ranking Casa de Apostas

    Betfair

    Classificação

    Bet365

    Classificação

    Betano

    Classificação

    1.

    bet365.com

    5.0/5

    2.

    betfair.com

    4.9/5

    3.

    betano.com

    4.8/5

    4.

    1xbet.com

    4.7/5

    5.

    betway.com

    4.6/5

    6.

    bodog.com

    4.5/5