Jornalista coloca ídolo do São Paulo acima de Arrascaeta

Compartilhe com seus amigos:

Jornalista coloca ídolo do São Paulo acima de Arrascaeta

O São Paulo venceu o Ceará por 2 a 0, com gols marcados por Jonathan Calleri e Nahuel Bustos. Como resultado, respirou na luta contra o rebaixamento e ganha confiança para a grande final da Copa Sul-Americana. Mas, o assunto ficou em segundo plano nas redes sociais por conta de Arrascaeta.

O ídolo do Flamengo tem encantando no futebol brasileiro e naturalmente começam as comparações. Nas redes sociais, alguns usuários comentaram sobre o uruguaio ser o maior de sua nacionalidade atuando no Brasil, porém para o jornalista Luis Augusto Simon, no blog do Menon, do UOL Esporte, acredita que um são-paulino esteja na frente.

“E Pedro Rocha? Foi maior e melhor que Arrascaeta. Aqui e lá fora. Ele chegou em 1970. Tinha dois títulos mundiais pelo Penarol, em 1961, com 19 anos, contra o Benfica. E em 1966, contra o poderoso Real Madrid, com duas vitórias por 2 x 0, no Centenário e no Santiago Bernabeu”, afirmou.

Pato de volta?

O atacante Alexandre Pato se tornou um dos jogadores mais queridos nos últimos anos no São Paulo. Como resultado, chegou em uma troca com o Corinthians pelo meia Jadson. Dessa maneira, tendo boas atuações e deixando gols, ganhou o carinho da torcida.

Em toda janela de transferências, o jogador tem seu nome especulado no Tricolor Paulista para uma volta. Assim, o jornalista Jorge Nicola trouxe uma informação exclusiva sobre a possibilidade do atleta retornar para vestir as cores do São Paulo.

“Recentemente, em um jogo no Morumbi, o Alexandre Pato, a convite do presidente Julio Casares, esteve no camarote presidencial e assistiu a partida do Tricolor ao lado do presidente. Aí você deve estar pensando: ‘bom, agora é certo que o Pato volta ao São Paulo’. (Mas), não é por aí (…)”, disse Nicola antes de completar.

“(…) Primeiro que o Pato está machucado e não volta antes de março ou abril da próxima temporada. Já iniciou processo de fisioterapia e está fazendo a fisioterapia no Brasil. Não está descartada a possibilidade dele fazer parte dessa recuperação no São Paulo, com todos os custos bancado pelo Orlando City, clube com quem ele tem contrato até dezembro (…)”, acrescentou o comunicador, que trouxe novas informações.

“(…) Pato só não está no São Paulo porque o Tricolor não o quis. Antes de renovar o contrato com o Orlando City, ele e seu representante conversaram com o São Paulo. Disseram que o Pato toparia voltar ao Morumbi por um salário praticamente símbolo. Tricolor na oportunidade entendeu que não valeria à pena contratá-lo. (…) Convite feito pelo Casares foi algo cordial, não imagino hoje o Pato como alternativa para o São Paulo (…)”, concluiu o jornalista.

Calleri defende Igor Gomes

O argentino Jonathan Calleri marcou o primeiro gol na vitória por 2 a 0 do São Paulo sobre o Ceará, no último domingo (18). Como resultado, no segundo tento, Igor Gomes, criticado pela torcida, deu assistência para Nahuel Bustos marcar o seu primeiro com a camisa tricolor. Logo depois da partida, o camisa 9 saiu em defesa do companheiro de equipe.

“Tentar mudar a ideia dos torcedores, mas se vocês olharem como ele trabalha. Hoje, entrou 10 minutos, não falou nada desde que foi expulso. Foi até Cuiabá, entrou, foi importante para nós, agora entrou e deu uma assistência. É um cara muito trabalhador e precisamos dele”, iniciou, completando:

“Espero que depois desse jogo ele comece a pegar confiança outra vez, pois vamos precisar dele no dia 1º de outubro. Espero que ele volte a ter confiança, pois precisamos dele. Eu acho que é um dos caras que mais trabalham no dia a dia. Quero que dê certo para nos ajudar a ganhar a Sul-Americana”, finalizou o centroavante, que encerrou um jejum sem gols.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: