São Paulo renova com pupilo de Rogério Ceni até 2024

Compartilhe com seus amigos:

São Paulo renova com pupilo de Rogério Ceni até 2024

O São Paulo divulgou a renovação de contrato do goleiro Thiago Couto até dezembro de 2024. O jogador estava com vínculo somente até o dia 30 de junho e estava negociando uma extensão do vínculo. O técnico Rogério Ceni sempre defendeu a sua permanência e já utilizou o arqueiro em três oportunidades.

“Temos o Thiago Couto, vejo como um goleiro que sabe jogar bem com os pés, calmo, tranquilo. Mas não conversei com ninguém, não fomos atrás de nenhum goleiro. Antes de julho (quando a janela de transferências reabre), tudo é especulação. O Thiago é o segundo goleiro. Ele vai ter oportunidade de jogar, e se achar que ele corresponde, pode ser (o reserva) em definitivo, sem que o clube precise gastar”, afirmou Ceni sobre contratar um goleiro.

Kaká comenta sobre Igor Gomes

“Cara, fujo muito de comparação. Não que eu ache que seja melhor do que alguém, pelo contrário. Mas é um peso desnecessário para quem quer que seja. Ele vai ter a história dele, já está tendo. Começando a carreira no São Paulo, um grande clube. Gosto muito do Igor, extremamente profissional, solidário. Não tenho os números de GPS aqui, mas não tenho dúvidas que ele é um dos caras que mais correm no time”, afirmou antes de prosseguir:

“Muitas vezes é criticado. No meu modo de ver, de forma injusta, porque é um cara que ama o São Paulo, cresceu ali dentro, sabe como é e do que tenho visto é um dos que mais se dedica para ter os resultados melhores possíveis. Vejo ele com um crescimento muito grande. É um dos grandes nomes do futebol brasileiro, vai ser visado mesmo abrindo a janela de transferência. Vejo um potencial muito grande, crescimento muito grande para o Igor e fica a minha torcida para que ele possa ter uma história maravilhosa não só no São Paulo, mas no futebol em geral. Que ele possa seguir tendo muito sucesso”, concluiu.

Ex-zagueiro do São Paulo traça perfil de Ceni

 

Ex-zagueiro do São Paulo, Antônio Carlos concedeu entrevista e comentou um episódio inusitado sobre Rogério Ceni, quando atuou ao lado do ex-goleiro em 2013.

“Teve um parceiro que passou lá no São Paulo e não sei se ele bebeu um dia antes, mas foi treinar de manhã. Estava visível que ele havia bebido. E Rogério olhando para a cara dele, enquanto ele se fazia de maluco. Estava numa época em que o time estava quase caindo. Quando acabou o treino, Rogério falou assim: ‘Se quem estiver aqui não tiver comprometido, eu vou tirar. Eu vou tirar porque me sinto no direito de ajudar o São Paulo, além de não querer manchar a minha carreira‘. Olha a cabeça que o cara tem“

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: