Jemerson pode fazer sua estreia com Cuca contra o Internacional

Compartilhe com seus amigos:

Jemerson pode fazer sua estreia com Cuca contra o Internacional

Antes de tudo, o técnico Cuca, poderá promover a última estreia dos reforços do Atlético-MG. Em suma, seria do zagueiro Jemerson, que chegou no mesmo período que o atacante, Alan Kardec, onde o atacante estreou no empate em 1 x 1 contra o Cuiabá, onde ele foi o autor do gol do Galo. Sendo assim, Pedrinho e Cristian Pavón já estrearam também, faltando apenas o zagueiro.

Dessa forma, o zagueiro poderia estrear no próximo domingo (30), em uma partida bem difícil contra o Internacional, fora de casa, onde o Galo busca se recuperar, após a derrota em casa para o Corinthians, de virada, no último domingo (23). Vale lembrar que na parte da defesa, o Atlético-MG vem fazendo mudanças.

O titular ao lado de Junior Alonso, era Nathan Silva, que perdeu lugar para Igor Rabello. Dessa forma, Alonso é o único que vem se mantendo na titularidade e poderia fazer a dupla de zaga ao lado de Jemerson. O novo zagueiro do Galo, chegou ao time, após estar sem clube, onde sua última equipe, foi o Metz, da França, na qual ele disputou 16 partidas na sua passagem pelo clube.

O defensor falou sobre qual pode ser sua principal dificuldade nesse possível retorno aos gramados, para defender o Atlético-MG. Confira o que ele disse.

A questão física é mais de jogo em si. Estava treinando com meu preparador particular. Então, o ritmo de jogo que vai ser mais complicado. Então, a partir do dia 18, treinando firme aqui, acho que vou estar preparado

Primeira passagem de Jemerson pelo Atlético-MG

Em suma, esta será a segunda passagem de Jemerson pelo Galo. A primeira, aconteceu entre os anos de 2013 à 2016. Nesse período, ele participou das conquistas da Libertadores de 2013, Copa do Brasil de 2014 e a Recopa de 13/14. Após isso, foi vendido para o Monaco, da França, por cerca de 11 milhões de euros. Onde venceu o Campeonato Francês, logo na sua primeira temporada pelo clube.

Nove anos da conquista da Libertadores

Nesta segunda-feira (25), o Atlético-MG celebrou nove anos da conquista do título da Libertadores. Em suma, o Galo fez uma grande campanha pela competição, onde na fase de grupos, conquistou cinco vitórias e teve somente uma derrota, fora de casa na última rodada, contra o São Paulo. Nas oitavas de final, o Atlético-MG encarou o mesmo São Paulo da fase de grupos e venceu às duas partidas, com o placar agregado de 6 x 3, sendo a volta em Minas Gerais, uma grande vitórias por 4 x 1.

As quartas de final, aconteceu contra o Tijuana-MEX e foi complicada, afinal de contas, a classificação foi decididada no gol fora. A ida foi 2 x 2, no México e a volta, novo empate, por 1 x 1. Onde o goleiro Victor, defendeu um pênalti, cobrado por Riascos, aos 48 minutos do segundo tempo e ganhou o apelido de São Victor. Após passar pelos mexicanos, o Galo encarou os argentinos do Newell’s Old Boys em mais uma partida complicada. Igual contra o Tijuana, os dois jogos foram empatados. Porém, foi 2 x 2, dessa forma, a partida terminou decidida nos pênaltis, vencendo por 3 x 2.

E finalmente na grande final, o adversário foi o Olímpia-PAR, que eliminou Fluminense nas quartas de final. Mais uma vez, foi um grande jogo. Na ida, o Galo foi derrotador por 2 x 0 onde teve Richarlyson expulso. Na volta o time mineiro conquistou a vitória por 2 x 0, sendo o gol de empate, aos 42 minutos do segundo tempo. Em mais uma partida decidida nos pênaltis, o Atlético-MG foi campeão vencendo nas cobranças, por 3 x 2 e assim, conquistando sua primeira e até aqui, única Libertadores.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: