Em treino na Arena, Corinthians tem retorno de três jogadores importantes

Compartilhe com seus amigos:

Em treino na Arena, Corinthians tem retorno de três jogadores importantes

Em uma noite de encontros, festa com a torcida em Itaquera e, além disso, a apresentação do atacante Yuri Alberto, o Corinthians também teve treino em campo nesta sexta-feira (8). Nesse sentido, com três reforços, o elenco comandado por Vítor Pereira participou de uma atividade técnica no gramado da Neo Química Arena.

No domingo (10), o Timão recebe o Flamengo no mesmo local, às 16h (horário de Brasília), pelo Brasileirão. Foram a campo o atacante Gustavo Mosquito, recuperado de uma tendinite, o meia-atacante Adson, liberado após protocolo de Covid-19, e o meia Willian, ainda com uma proteção no ombro direito lesionado, mas participando das atividades separadamente ao lado do fisioterapeuta Bruno Mazziotti.

Depois, o camisa 10 chegou a participar de um trabalho técnico com os companheiros, mas deixou o gramado quando o elenco foi dividido para um rachão.

Leia também:
+ Balbuena pede liberação na Rússia e anima o Corinthians
+ Apresentado na Arena, Yuri Alberto fala pela primeira vez vestindo as cores do Timão

  • Maycon – lesão do adutor da coxa direita;
  • Fagner – lesão no músculo posterior da coxa direita;
  • Renato Augusto – desconforto na panturrilha;
  • Jr. Moraes – entorse no tornozelo esquerdo;
  • Mantuan – lesionado e já negociado com o Zenit;
  • Luan – motivo não informado.

Entre os não presentes, chama a atenção o nome de Luan. Apesar de estar fora dos planos de Vítor Pereira, ele não tem lesão e vinha trabalhando com o elenco no dia a dia do CT Joaquim Grava.

Sendo assim, um possível time contra o Flamengo tem: Cássio, Rafael Ramos, Gil, Raul Gustavo e Fábio Santos; Cantillo, Du Queiroz e Giuliano; Lucas Piton, Adson e Róger Guedes.

Por fim, o Corinthians encerrou a preparação para o jogo neste sábado (9), no CT. Com 26 pontos, o Timão é 4º colocado no Campeonato Brasileiro.

Jogadores do Corinthians aplaudem torcedores na Arena — Foto destaque: Reprodução /Marcelo Braga
Jogadores do Corinthians aplaudem torcedores na Arena — Foto destaque: Reprodução /Marcelo Braga

Veja mais trechos da entrevista de Yuri Alberto

 

Já pode estrear?

 

“Espero ajudar a equipe. Nas minhas férias, trabalhei muito. Espero estrear dia 20, que eu esteja bem fisicamente”, disse Yuri, em entrevista coletiva.

“Vou dar o máximo em campo, estou trabalhando para isso. Grandes nomes fizeram muitos gols. Quero escrever a minha história, que ela seja gigantesca”, completou.

Como foi a recepção da torcida?

 

“Momento muito especial na minha vida. Recepção de arrepiar, muito feliz, primeiro contato em campo. Contra o Boca, por exemplo, pude sentir como é o Corinthians. Agradecer a todos que acreditam no meu potencial, quero entregar meu melhor em campo”.

Vai vestir qual número?

“A camisa que estiver disponível vou usar. Dentro de campo vou dar meu melhor”.

“Um cara me recebeu muito bem, vai dando toques. Em 2020 trabalhei com Jesualdo (Ferreira, também português, que treinou o Santos), me deu sequência, comecei a fazer gols como profissional, ainda era um miúdo (risos), amadureci, depois fui para o Inter. Espero ajudar a equipe. Nas minhas férias, trabalhei muito. Espero estrear dia 20, que eu esteja bem fisicamente”.

Família corintiana? 

“Família de jogador é desde jeito. Torce onde Yuri estiver. Desde o jogo do Boca o espírito já é corintiano, a emoção foi grande quando acabou as penalidades. Minha família agora respira o Corinthians”.

Foto destaque: Divulgação / Rodrigo Coca / Corinthians

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: