Cruzeiro precisa se preocupar com derrotas de agora em diante?

Compartilhe com seus amigos:

Cruzeiro precisa se preocupar com derrotas de agora em diante?

A equipe está liderando a Série B, mas não com sobra. Após derrotas, o Cruzeiro tenta se encontrar novamente no campeonato.

A saber, o Vasco da Gama está logo atrás da raposa com quatro pontos separando ambos. Dessa forma, o grupo liderado por Paulo Pezzolano precisa manter o bom aproveitamento jogando em casa, pensando na sequência da temporada.

Banner Bônus Bet365

Nesse sentido, visto os últimos duelos e somando até mesmo o confronto da Copa do Brasil, pode ser visto a falta de um jogador que toma as rédeas do ataque e no meio-campo. Na defesa, Eduardo Brock como capitão, mantém um bom sistema defensivo com poucos gols cedidos na temporada, apenas oito em 16 rodadas da Série B. Mesmo assim, a equipe parece perder forças no fim do primeiro turno. Cansaço pode ser um dos fatores já que jogadores como Geovane, Brock, Rafael Cabral, Edu e Luvannor tem um grande volume de jogos e participação em campo também.

Duas derrotas seguidas em dois campeonatos diferentes para o Cruzeiro

Como a raposa se reforçou antes da janela de transferência abrir, os jogadores só estarão disponíveis após a abertura da janela de verão (Europa). Ou seja, apenas mais um jogo sem Bruno Rodrigues, Marcos Cipriano, Luiz Adriano entre outros que ainda possivelmente chegarão. O confronto diante do Novorizontino na rodada 18 parece ser um jogo ideal para abrir uma vantagem momentânea do Vasco, já que tudo depende dos resultados paralelos também. Contudo, o time no jogo mais recente, diante do Fluminense na Copa do Brasil, não conseguia ter a posse de bola por muito tempo. Estatisticamente, o Flu teve 56% de posse contra 44% do Cruzeiro, pouco, mas visivelmente a equipe gastava muita energia marcando.

Como um fator influenciador, os gols começaram à partir dos 25’ do segundo tempo, onde o desgaste físico começa a ficar mais visível e as substituições começam a agir. Sem Geovane, perderam força nos cruzamentos pela direita. Daniel Jr, esquerda que poderia fazer uma graça ou outra no mano a mano estava no banco.

Enfim, pode não ser nenhuma vergonha perder para o 4° time melhor colocado no Brasil, de acordo com a tabela do Brasileirão. Em contrapartida, foram para o jogo após dois jogos sem vitória, um empate em Itu contra o time local por 1 x 1 e uma derrota sentida para o Guarani por 1 x 0.

Pensando na sequência, quais as chances do Cruzeiro não ser alcançado pelo Vasco?

Os próximos dois jogos do Cabuloso são favoráveis para vitória. Após jogar contra Grêmio Novorizontino e CSA em sequência, surge o Bahia dentro de casa, onde ainda mantém o 100% de aproveitamento na segunda divisão. Um duelo difícil já que uma das únicas três derrotas na campanha em busca da promoção foram para os nordestinos. Ainda no início do primeiro turno, perdeu por 1 x 0.

Assim, segue a campanha diante do Brusque fora de casa, Tombense no Mineirão, Londrina no Paraná, volta para Minas e enfrenta a Chapecoense, e encontra com novamente um morador do G4, Grêmio. O único confronto direto entre Cruzeiro x Vasco está listado para acontecer no dia 24 de setembro, mas ainda com incertezas já que faltam pelo menos dois meses.

Foto destaque: Divulgação/ Cruzeiro

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Banner Bônus Bet365