Em entrevista, ex-goleiro da raposa comenta sobre Richarlison

Compartilhe com seus amigos:

Em entrevista, ex-goleiro da raposa comenta sobre Richarlison

Ex-goleiro do Cruzeiro, Gomes em uma entrevista ao portal Superesportes comentou sobre a ida de Richarlison ao Tottenham.

Salvo, Gomes defendeu as cores do Spurs entre 2008 e 2012, além de posteriormente foram companheiros no Watford. Assim, comparou a evolução do novo atacante do Tottenham com seu próprio desenvolvimento como atleta.

“É algo muito bacana, porque é um clube fantástico. O Richarlison tem tido uma evolução gradativa, e eu comparo essa evolução com a minha. Ele saiu muito rápido, aconteceu muito rápido no América, depois foi para o Fluminense, do Watford para o Everton, e agora pode ir para o Tottenham”, afirmou.

Com ótimas atuações ao longo da curta carreira até então, Richarlison foi o principal responsável por manter o Everton na Premier League. O time estava praticamente condenado ao rebaixamento, até que começou a vencer partidas na reta final e se livrou daqueles que iriam para à Championship. Contudo, deixa o clube de Liverpool para continuar a trajetória na cidade ao lado, Londres.

“O Tottenham é um grande clube, se tiver essa possibilidade de transferência, ele vai poder ter esse entendimento, que do Everton para o Tottenham é um degrau bem grande. Com certeza ele vai desempenhar aquilo que tem desempenhado sua carreira toda, que é esse momento dele de crescimento”, complementou.

Gomes relembrou seus momentos no Watford com Richarlison

Os dois atuaram juntos logo na chegada do atacante à Inglaterra, onde logo de cara chamou atenção por ter conseguido dois dribles na mesma jogada. Um chapéu seguido de uma caneta no lateral do Bournemouth. Anos depois o Watford foi rebaixado, mas Richarlison já havia se juntado ao lado azul de Liverpool.

“É um cara que merece muito. O Richarlison é isso que vocês veem nas redes sociais mesmo. No início, principalmente, quando chegamos (no Watford) eu recebi, e todas as vezes ele não gostava de almoçar no clube. Ele me chamava para comer um arroz e feijão na casa dele. Só ‘quebrando’ (no inglês). É um cara muito humilde, que alcança o coração de todos, e isso é sensacional” – Disse Gomes na entrevista.

Ambos surgiram de times mineiros, mas nunca se encontraram

Acima de tudo, era um choque de gerações. Enquanto, Heurelho já estava na Europa à praticamente uma década, o Pombo acabava de surgir no América. Em 2014, chegou ao time mineiro nas categorias de base, e após alguns destaques em partidas o jogador foi convocado para o time principal durante a disputa pela Série B. Por lá, foram 24 partidas e oito gols marcados, além da honra de ter ajudado o time a subir para primeira divisão do futebol brasileiro em 2016.

Gomez, por sua vez, foi um dos destaques da tríplice coroa do Cruzeiro em 2003 (Mineiro, Copa do Brasil e Brasileiro).

Gomes também elogiou Rafael Cabral, atual goleiro do Cruzeiro

“Tem total potencial para ficar muitos anos no Cruzeiro. (…) A responsabilidade, a cada vez que o time sobe um degrau, se torna maior. Mas se ele está conseguindo, principalmente em um momento tão difícil, substituir o Fábio, ele tem condições de dar sequência, mesmo o Cruzeiro subindo para a Primeira Divisão.” – Completou na entrevista ao Superesportes.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: