Paulo Pezzolano não conta com recém chegados para próxima partida

Compartilhe com seus amigos:

Paulo Pezzolano não conta com recém chegados na próxima partida

Paulo Pezzolano mesmo com dois desfalques, não levará os novos contratados para o duelo diante do CSA. Jose Ivaldo e Geovane são os desfalques. Ambos levaram o terceiro amarelo na temporada, ficando assim fora de um jogo. Nesse sentido, a equipe terá que ser remanejada, o que provocará a possível entrada de Wagner Leonardo na defesa.

Wagner é um dos jovens promissores do celeste. Logo em sua primeira partida como titular no lugar de Eduardo Brock que estava suspenso, anotou o primeiro gol da partida diante do Vila Nova. Além dele, Pedrão, garoto da base, pode ser acionado para compor o elenco.

Uma possível aparição é do atacante Stênio, que teve seu contrato reativado com a raposa e pode atuar pela equipe quando, e se o técnico decidir utilizá-lo.

Mesmo com a janela aberta, Pezzolano optou por não utilizar ainda os recém chegados

A saber, a equipe cruzeirense adquiriu novos jogadores, tanto para o segundo turno do campeonato quanto para a promoção à primeira divisão que parece ser iminente. Nesse sentido, Luís Felipe, Bruno Rodrigues, Marcus Cipriano são os nomes que chegaram para fazer parte do time. Entretanto, o técnico Paulo Pezzolano optou por não utilizá-los ainda, pela falta de ritmo que apresentam. Além disso, seria possível a utilização dos atletas visto que a janela de transferência está aberta, o que possibilita usufruir dos recém chegados.

“São jogadores que a maioria deles, a não ser o Pablo Siles, vem de dois meses e meio que não joga. Treinavam sozinhos, mas não é o mesmo que treinar com o grupo. E eles estão sentindo um pouco a intensidade que nós queremos. Eles vão estar no dia a dia, vamos estar vendo eles, se dá para começar jogando, se dá para entrar no segundo tempo, vamos ver isso”, citou.

“Mas eu quero eles o quanto antes possível, pois vão dar esta renovada no time que é muito importante dentro e fora do campo. Jogamos quase 40 jogos, e caras novas, companheiros novos fazem muito bem no vestiário. Vamos colocando devagar, mas tem que pegar físico dentro do campo também, não vamos dar tempo para ficar duas, três semanas preparando também, tem que preparar rápido”, concluiu.

Como nem tudo são flores, a equipe não obteve o sucesso apenas de contratar alguns jogadores, como também se viu em uma situação que ficou praticamente sem solução. O volante do Grêmio, Fernando Henrique estava pronto para se juntar ao cabuloso, inclusive já em BH para assinar o contrato e concluir o empréstimo. Entretanto, o Grêmio pediu o retorno do atleta sem muito esclarecimento.

Isso deixou a diretoria do Cruzeiro e o agente de Fernando com uma pulga atrás da orelha. O motivo mais óbvio seria pelo fato de ele reforçar um time rival, que está na competindo na Série B assim como o Grêmio, o que influenciou o time a pedir o retorno do jogador e recuar do empréstimo.

O time de Paulo Pezzolano precisa dos novos reforços?

Com a liderança do campeonato e uma vantagem tranquila para o 2° colocado, o Cruzeiro soma 41 pontos e manteve o 100% de aproveitamento após um jogo difícil contra o Novorizontino no domingo (19). Graças ao gol aos 37’ do segundo tempo vindo de Rafa Silva, o time obteve a vitória.

Ou seja, mesmo com um elenco resiliente a diretoria busca mais alternativas. Então, levando a crer que parecem ter extraído a capacidade máxima de produção dos titulares.

Foto destaque: Divulgação/ Cruzeiro

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: