Ronaldo diz que ‘gestão do Cruzeiro é um sucesso’

Compartilhe com seus amigos:

Em um evento do banco XP, o ex-jogador Ronaldo disse que viu um potencial gigantesco na compra das ações da SAF do Cruzeiro, mesmo com uma dívida que atingia R$ 1 bilhão. Ele relembrou a sua história com a camisa celeste e disse que hoje a “gestão do clube é um sucesso”. Além disso, o empresário pagará uma quantia, afim de permanecer com a mesma porcentagem de ações do clube.

“O meu passado com o Cruzeiro, a minha história com o Cruzeiro, saí bem pequeno do clube, que abriu as portas do mundo para mim. E eu, com a possibilidade de fazer uma recuperação do Cruzeiro, vi um potencial gigantesco, como vi o tamanho da dívida que era gigantesco. Mas eu sabia que o potencial era muito maior que a dívida”, disse Ronaldo.

Ronaldo pagará R$ 400 milhões do próprio bolso

Dessa forma, Ronaldo terá que tirar do próprio bolso 400 milhões para conseguir manter em seu domínio as ações que detém do Cruzeiro, que são 90% do ex-atacante e 10% do clube. Fenômeno cita que teve de convencer o conselho e os torcedores

“Eu tinha que convencer o Conselho e inclusive a torcida, que era um pouco manipulada nesse sentido e esperava que chegasse um sheik árabe colocando dinheiro e pagando a dívida, injetando dinheiro sem projeto e sem processos, de modo que o Conselho pudesse se perpetuar”, disse.

Exaltou, também, o fato da administração do clube ter transformado o que era antes apenas uma equipe de futebol, em uma SAF: “Eu tinha que saber como comunicar isso para o torcedor, pois tinha uma resistência do outro lado. Um medo natural se daria certo, se teria os investimentos adequados e se o investimento que eu comprometi era pouco ou muito. Criou-se muito essa dúvida. Mas hoje em dia a torcida não tem mais dúvida que somos um sucesso de gestão”, acrescentou.

Fenômeno foi assediado por conselheiros em votação da SAF

Em imagens, Ronaldo aparece ao lado de alguns conselheiros e todos parecem querer agradar o ex atacante.

Ronaldo em votação da SAF Cruzeiro sendo assediado por conselheiros
Ronaldo em votação da SAF Cruzeiro sendo assediado por conselheiros. Foto destaque: Superesportes

Além disso, Ronaldo disse que o futebol brasileiro precisa ser melhor gerido. “Meu maior incentivo para entrar nesse negócio foi o potencial do futebol brasileiro. Aqui, não temos o controle financeiro, que é o principal para o futebol evoluir, para os clubes pararem de fazer dívidas absurdas, mandar três, quatro treinadores embora por ano. É jogar dinheiro fora”, enfatizou.

“O futebol brasileiro vai virar a página. Temos a matéria prima, que são os jogadores. Se a gente organizar direito o campeonato, temos tudo para fazer uma grande indústria do futebol”

Mesmo com a dívida do Cruzeiro ultrapassando a marca do bilhão, o que difere o time celeste de outros gigantes com investidores é Ronaldo. Enquanto o Vasco da Gama foi comprado pela empresa 777 e o Botafogo pelo empresário norte-americano John Textor, o celeste tem algo mais próximo da parte futebolística do campo nas posições mais altas da diretoria do clube e isso pode diferenciá-lo em meio a tantas equipes com investidores árabes no comando. Salvo, apenas como exemplo pode-se citar o PSG, um dos times mais ricos do mundo, mas a diretoria teria em tese pouca afinidade com o futebol em si. Leonardo, ex-jogador atuou como diretor esportivo do clube, mas acabou não dando certos. Patamares diferentes, mas o mesmo problema sempre, como utilizam o caixa que tem.

Foto destaque: Divulgação/ Cruzeiro

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: