Lucas Leiva comenta sobre reestreia no Grêmio

Compartilhe com seus amigos:

Lucas Leiva comenta sobre reestreia no Grêmio

O volante Lucas Leiva estreou pelo Grêmio no último sábado (23), no duelo contra a Ponte Preta, pela 20ª rodada da Série B. A saber, o veterano não jogou como titular, mas entrou aos 14′ do segundo tempo no lugar do atacante Biel. Em suma, o técnico Roger Machado até recebeu vaias dos 43 mil torcedores na Arena pela não escalação da estrela. Mas no fim deu tudo certo, e o velho guri tricolor deu seus primeiros toques na bola após 15 anos na Europa. Assim, Lucas Leiva aproveitou para comentar sobre sua estreia pelo Grêmio.

Estreia de Lucas Leiva pelo Grêmio

A tarde do último sábado (23) foi especial para Lucas Leiva e para o Grêmio. A saber, 43 mil pessoas compareceram à Arena do Grêmio para testemunhar a reestreia do volante após 15 anos da sua saída para o futebol europeu. Em resumo, o veterano de 35 anos passou longas temporadas no Liverpool, onde chegou até a atuar como titular da Seleção Brasileira. Nos últimos anos no velho continente, o jogador atuou pela Lazio. Dessa forma, nesta janela de transferências fechou seu retorno ao Tricolor Gaúcho, onde fez sua reestreia.

Lucas Leiva começou a partida contra a Ponte Preta no banco de reservas, até pelos quase dois meses sem atuar desde que deixou a Lazio. Dessa forma, entrou em campo aos 14′ do segundo temp, no lugar do atacante Biel. Assim, a torcida fez um grande momento de aplausos para o ídolo. Em campo, ele atuou por 30 minutos, em um momento que o Tricolor estava sendo pressionado pela Ponte. Mas tocou na bola 24 vezes, e acertou 14 dos 17 passes tentados, sendo uma taxa de 82% de acerto. Além disso, fez duas roubadas de bola e cometeu uma falta. Mas o fato de estar em campo em tão pouco tempo de preparação já um ponto positivo.

Lucas Leiva comenta sobre ocasião

Dessa forma, Lucas Leiva falou sobre a estreia, e relembrou a experiência que adquiriu no futebol europeu. Então, citou atletas como seu ex-companheiro Gerrard, que ficou a carreira toda no Liverpool, para ilustrar a sensação de jogar mais uma vez por seu time de coração.

“Já joguei aqui, mas com 35 anos você tem um pouco mais de experiência e fica mais emocionado. Hoje entendo aqueles caras, o Gerrard, o Danilo Cataldi (meia da Lazio), que é de Roma, que sentem realmente o que significa vestir a camisa de coração. Quando se tem 20 anos talvez você não pensa muito, mas agora um pouco mais velho tenho sentido muito e estou muito contente”, comentou Leiva.

Além disso, Lucas Leiva comentou sobre sua parte física. A saber, depois de quase dois meses parado, é normal que sinta isso em uma estreia. Mas ele se mostrou confiante na sua melhora física nas próximas semanas.

“Pode melhorar muito, eu particularmente. Dois meses que não fazia um jogo oficial. Agora, aos poucos, vou crescer, entender também os movimentos de jogo. Depois do jogo em Chapecó vamos ter 10 dias para trabalhar ainda mais, eu me adaptar ao grupo. Tenho tudo para melhorar ainda mais“, finalizou.

Foto destaque: Divulgação / Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: