Ex-Santos, Robinho confirma sua aposentadoria no futebol

Compartilhe com seus amigos:

Robinho anuncia sua aposentadoria

Nesta segunda-feira, Robinho, 38, ex-Santos e ex Atletico-MG, confirma sua aposentadoria como jogador profissional de futebol. O jogador estava sem clube desde fevereiro de 2021, quando teve seu contrato suspenso com o Santos.

Ex-Santos, Robinho, confirma sua aposentadoria no futebol

Primeiramente, Robinho passou por vários times e em diferentes países. Dessa forma, ele iniciou sua carreira no Santos (2002 – 2005), onde foi grande promessa junto com Diego, Elano, Léo, Ricardo Oliveira, Fábio Costa e Renato.

Logo depois, foi vendido para o Real Madrid onde atuou entre 2005 – 2008. Na sequência, foi para o Manchester City (2008 – 2010), Milan (2010 – 2015). Em 2014, foi emprestado para o Santos até 2015.

Já em 2016 até 2017, foi para o Atletico-MG. No time mineiro, a temporada de estreia foi de glória para Robinho. Foi artilheiro do Campeonato Mineiro e e teve influência na campanha do vice-campeonato da Copa do Brasil (3 gols) e quarto lugar no Campeonato Brasileiro (12 gols e oito assistências).

E em 2020, quando o jogador estava sendo julgado na Itália por estupro coletivo em uma boate noturna de Milão em 2013,   o Santos contratou o jogador novamente. Porém, após criticas recebidas e até mesmo a perda de um dos principais  patrocinadores, a diretoria do Peixe cancelou o contrato de Robinho.

Dessa forma, após a condenação final da justiça da Itália, em janeiro deste ano, ele resolveu encerrar sua carreira como jogador de futebol, e pretende manter distância da imprensa.

“Não quero dar entrevista nenhuma. Se puder deixar eu e minha família em paz, fico agradecido! Você estava pedindo posicionamento do Santos porque entrei lá. Santos sempre foi e sempre será minha casa. Não tem nenhum personagem mais importante pra vocês falarem?”, escreveu Robinho em uma mensagem de texto ao site UOL. “Não jogo mais! Não publico minha vida na internet, e vocês continuam falando de mim. Tem muitas pessoas querendo dar entrevista, aparecer. Eu só quero que vocês me deixem em paz”, finalizou.

 

 

Condenação

De acordo com o Ministério Público de Milão, o grupo levou a jovem para um camarim e, se aproveitando de seu estado de embriaguez, mantiveram “múltiplas e consecutivas relações sexuais com elas”. Outros quatro envolvidos no crime não foram rastreados pela Justiça da Itália e não puderam ser processados.

Desse modo, mesmo sem a publicação das motivações, o Ministério Público de Milão encaminhou,  o pedido de prisão internacional dos dois condenados – Robinho e o amigo Ricardo Falco – para o Ministério da Justiça da Itália. Que, por sua vez, já fez o pedido formal ao Brasil no dia seguinte.

Apesar de sua condenação é de 9 anos de prisão, o ex-jogador segue livre no Brasil e morando na cidade Santos. O Brasil não extradita pessoas que nascem no país por crimes cometidos no exterior. Dessa forma, Robinho não pode sair do território brasileiro, pois seu nome consta na lista da Interpol (Organização Criminal de Polícia Internacional) em mais de 181 países.

A imagem do jogador sujou por completo quando vazou as escutas que a polícia italiana tinha colocado em seu carro. Confira uma das falas do ex-jogador:

“Estou rindo porque não estou nem aí, a mulher estava completamente bêbada, não sabe nem o que aconteceu…”

Foto Destaque: Divulgação/Tony Gentile/Milan

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: