Ceni critica expulsões e conduta da arbitragem em vitória do São Paulo

Compartilhe com seus amigos:

Ceni critica expulsões e conduta da arbitragem em vitória do São Paulo

O São Paulo venceu a Universidad Católica por 4 a 2, na ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Em suma, o duelo foi marcado por polêmicas de arbitragem, sendo três jogadores da equipe expulsos. Logo depois da partida, Rogério Ceni evitou críticas mais profundas em Santiago. Assim, o treinador reclamou da expulsão de Igor Vinicius e questionou o comportamento da arbitragem comandada por Christian Ferreyra, do Uruguai.

“Não queremos falar de arbitragem, mas temos que repensar, temos que ter mais força na confederação sul-americana. Eu me recordo de uma época em que a gente tinha força, mas hoje não temos e sofremos muito” reclamou Ceni.

Banner Bônus Bet365

No fim, quando vai cumprimentar o árbitro, ele dá beijos nos jogadores deles. Claro, pode, é respeitoso. Mas, não sei, três expulsos nossos, abraços, beijos… Quando um de nós foi cumprimentá-lo, ele diz que “você eu não cumprimento”. Estranho”, acrescentou.

Expulsões

Na partida, três jogadores foram expulsos, sendo eles: Igor Vinícius, Rodrigo Nestor e Jonathan Calleri. Aliás, apenas o meio-campista recebeu vermelho direto, com os outros dois tomando dois amarelos. Como resultado, Ceni falou apenas sobre a primeira expulsão.

“As expulsões, quando se fala de competições como a Conmebol, é melhor não falar sobre arbitragem, porque são circunstâncias que se voltam contra você. A gente viu o que se passou no campo. A primeira expulsão foi uma vergonha… Vamos desfrutar das coisas boas de hoje e tentar estar bem”, ressaltou.

Posteriormente, o comandante falou sobre o resultado da partida. Então, para Ceni, o jogo poderia ter sido ainda mais vantajoso para seu plantel se terminassem com 11 a 11 em campo. Logo depois, o ex-goleiro elogiou os jogadores, por terem deixado tudo em campo.

“A vitória eu creio que foi muito importante, a gente poderia ter um resultado melhor se fosse 11 contra 11. Mas jogamos fora, uma equipe grande, não é qualquer equipe, com um grande treinador, jogadores que trabalharam comigo, como o Isla. Saímos felizes com a dedicação e tudo que deixamos em campo. Deixamos tudo”, comentou.

Por fim, Rogério Ceni comentou sobre a utilização do elenco para as próximas partida. Aliás, o comandante tem adotado um esquema de rodízio de atletas, para não ter risco de lesões musculares, mas o elenco está curto. O São Paulo encara o Atlético-GO no próximo domingo (3), atuando fora de casa, no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia-GO.

“Temos jogo domingo e depois na volta temos que ver os jogadores, Temos poucos jogadores, então após o jogo de hoje temos que pensar muito bem. Tem Copa do Brasil e a volta aqui. Isso é o mais difícil. Vamos desfrutar”,  finalizou Ceni.

Casares critica arbitragem

Logo depois da partida, o presidente Julio Casares se pronunciou sobre o resultado. Assim, o mandatário elogiou os seus atletas pela entrega no Chile, mas deu uma cutucada na arbitragem.

“Quero enaltecer a luta da equipe, principalmente depois que a arbitragem perdeu o controle e nos prejudicou. O número de cartões recebidos foi maior que o número de faltas cometidas. Uma arbitragem dessas atrapalha o São Paulo e o bom andamento da competição”, afirmou.

Foto Destaque: Rubens Chiri/saopaulofc.net

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Banner Bônus Bet365