Ceni lamenta falhas do São Paulo em derrota: “Incrível a quantidade de erros”

Compartilhe com seus amigos:

Ceni lamenta falhas do São Paulo em derrota: "Incrível a quantidade de erros"

Após a derrota para o Athletico-PR no último domingo (31), o técnico Rogério Ceni lamentou os erros cometidos pelo São Paulo. O Tricolor já não vence há cinco partidas no Brasileirão Série A. São quatro empates e uma derrota.

“Jogo bem equilibrado, para ser sincero. Cometemos muitos erros no dia de hoje, em várias partes do campo nós erramos. E quando você erra muito grande, acaba pagando. Em matéria de competitividade, foi equilibrado nas chances. A única coisa é que erramos mais e, quando erra coisas grandes, você paga no jogo”, afirmou o treinador.

A derrota do São Paulo aconteceu após um pênalti cometido pelo jovem lateral Moreira. Na tarde deste domingo, o jogador atuou pelo lado esquerdo, fora de posição, mas vinha fazendo uma boa partida. No 2º tempo, no entanto, fez a penalidade em um lance que não levava perigo à meta de Felipe Alves.

Em entrevista coletiva, Rogério minimizou o erro de Moreira, que custou o resultado da partida.

“Moreira lida bem com a perna esquerda, foi bem no primeiro tempo. Erros acontecem. Ter um pouco mais de atenção. Mas não foi o único que errou. A maioria dos lances que o Athletico teve a seu favor começou em erros nossos. Muitos erros no dia de hoje. Incrível a quantidade de erros grotescos próximos à nossa área que tivemos hoje”, comentou.

Além disso, outro isentado de críticas pelo treinador foi o goleiro Felipe Alves. Estreante, o novo camisa 1 cometeu um pênalti após um domínio de bola errado. Na cobrança, porém, se redimiu e defendeu a cobrança de Thiago Heleno.

“Foi um erro. Eu também já errei tantas vezes no gol. Ele foi dominar, dominou errado. A bola veio rápida, o Léo deu o passe um pouco firme pra ele. Ele foi… Era uma bola difícil pela velocidade de achar um passe de primeira, ele foi dominar, a bola escapou. Foi um erro, ele defendeu a penalidade em seguida. Acontece, é do jogo. Mas teve tranquilidade no mais. Demonstrou calma com a bola. Faltou aparecer as mesmas opções que apareceram no treino, de construção de jogo. Ele vai se adaptar, evoluir, e vai seguir, jogar. Vai fazer o seu melhor”, afirmou.

Por fim, o São Paulo volta a campo no Campeonato Brasileiro no próximo sábado (6), às 20h30 (horário de Brasília), em casa, contra o Flamengo. Antes disso, encara o Ceará, pela Copa Sul-Americana, nesta quarta-feira (3).

Veja outros trechos da entrevista

 

Por que escolheu Moreira?

Temos Welington e Reinaldo pela esquerda, Reinaldo já está machucado há algum tempo. Não podemos usar o Welington todos os jogos, intervalo de três dias, ele é um jogador muito físico. A ausência dele em jogos eliminatórios pesa muito porque a gente não tem jogador nessa função”.

O que achou da partida de Rodriguinho?

“Rodriguinho é um jogador que vai jogar no São Paulo, escute o que estou falando. Ele é talentoso, está sendo trabalhado. Hoje tinha a função de flutuar bastante, de dar superioridade no meio de campo. Errou alguns passes que costumeiramente ele não erra nos treinos. Faz parte, mas achou boas bolas. Não tínhamos referência à frente. Deixamos marquinhos aberto, Nikão pela direita, ele flutuamos no meio. Tem futuro no São Paulo, acredito que terá mais oportunidades. Tem um brilhante futuro”.

Foto destaque: Divulgação / Robson Mafra / AGIF

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: