Reinaldo contesta provocações do Palmeiras: “Passou do ponto”

Compartilhe com seus amigos:

Reinaldo contesta provocações do Palmerias: "Passou do ponto"

O São Paulo acabou sendo derrotado na segunda-feira (20), contra o Palmeiras, em partida válida pelo Brasileirão. Logo depois, pela Copa do Brasil, conquistou o resultado positivo e vantagem para o duelo da volta. Todavia, no primeiro duelo, alguns jogadores do Alviverde fizeram provocações para atletas tricolores e no Podcast “De Lavada”, Reinaldo contestou.

“Todo mundo veio me falar e o time deles também que eu não sei perder, eu sei perder, eu perdi a final do Campeonato Paulista e fiquei quieto e eles ganharam e ficaram falando um monte de bobagem e querendo ou não a gente vê. Então, já vem da final do Paulista. Ganha, fica quietinho, já ganhou, parabéns e tal. Até porque um ano antes nós ganhamos deles no Morumbi, fomos campeões em cima deles, não pode esquecer, e nós comemoramos com o nosso torcedor. Não ficamos provocando o Palmeiras, falando um monte de asneira e eles falaram no Campeonato Paulista”, relatou Reinaldo, que prosseguiu.

“Eu acho que passou do ponto e muito ainda. Nossa equipe veio de um 3 a 1 (na primeira partida da decisão do Paulistão) e a gente perdeu uma final (4 a 0, na casa palmeirense), tava todo mundo bravo, todo mundo mordido e aí vê o adversário ainda querendo zuar e falar coisas”, contou o lateral-esquerdo.

Reinaldo revela provocações

Em seguida, o camisa 6 do time de Rogério Ceni revelou alguns momentos de provocações, como de Gabriel Menino. Além disso, afirmou que não faria a mesma coisa, se estivesse com o placar favorável.

“Na hora do jogo não, só que depois. Na virada do 2 a 1, o Gabriel Menino chutou a bola e eu vi, o Luciano viu lá do banco, chutou a bola no nosso torcedor e ficou gritando pro nosso torcedor. Em nossa casa não posso deixar fazer isso. Ele chutou a bola de propósito no nosso torcedor e ficou gritando pro nosso torcedor, beleza. Você acha isso certo? Eu não acho. Não vou chegar na casa deles ganhando, ganhar o jogo e chutar a bola nos torcedores porque pode ter crianças, idosos, a bola pegar e acontecer um pior. Eu não aceito isso, ainda mais dentro da nossa casa”, explicou.

Reinaldo ”zoeiro”

Mais tarde, o jogador que está no clube há nove anos, um dos mais experientes e líderes do grupo, revelou que ”pega no pé” de alguns altetas e citou o meio-campista Rodrigo Nestor.

“Eu gosto de zoar. Principalmente os novatos, a mulecada quando sobe. Meu parceiro de quarto na concentração é o Nestor. Ele parece quieto, mas gosta de uma resenha”, afirmou.

São Paulo no mercado

Enquanto isso, a diretoria tricolor está ativa no mercado buscando algumas contratações para a próxima sequência da temporada. Assim, Adryelson e Sport vivem uma disputa nos bastidores e o atleta pode ficar livre no mercado nos próximos dias. Aliás, o zagueiro avisou que não atuará mais pelo clube e pede o fim do vínculo. O São Paulo observa a situação e quer apresentar de imediato uma proposta tão logo a liberação na Justiça ocorra.

Foto Destaque: Marcello Zambrana/AGIF

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Bustos joga no domingo?
São Paulo
Alexsander Vieira

Bustos joga no domingo?

Novo reforço do São Paulo, Nahuel Bustos, treinou com bola nesta segunda-feira (8) e agitou os rumores sobre uma possível estreia no domingo (14), contra

Leia mais »