Rogério Ceni cobra transparência da CBF em lance do Choque-Rei

Compartilhe com seus amigos:

Rogério Ceni cobra transparência da CBF em lance do Choque-Rei

Mesmo após a rodada do Campeonato Brasileiro, onde o São Paulo ficou no empate em 2 a 2 contra o Fluminense, no Morumbi, o Choque-Rei da Copa do Brasil ainda está sendo assunto. Assim, logo depois do duelo entre tricolores, o técnico Rogério Ceni foi questionado sobre as polêmicas de arbitragem e não fugiu do assunto, dando seu parecer.

O comandante foi perguntado sobre o possível impedimento do atacante Jonathan Calleri, no pênalti marcado pela arbitragem. Logo depois da partida, em áudio divulgado pela CBF, ficou nítido que não houve análise das linhas em comparação com Gustavo Gómez.

Banner Bônus Bet365

– Até agora, ninguém traçou a linha. Todo mundo só falou, mas (a CBF) poderia ter traçado a linha para a gente saber. Visualmente, contra o Ceará eu achava que o jogador (Mendoza) estava (impedido). A linha traçou, e acharam um jeito e não deram impedimento.

– Mesmo que atrasado, poderia traçar a linha para a gente ter certeza do que aconteceu. Se foi engano, esquecimento ou se estava em condições. Importante, mesmo que tarde, esclarecer sempre – afirmou Ceni.

Detalhamento do duelo de São Paulo x Ceará foi divulgado

  • Ida: São Paulo x Ceará, dia 03/08 (quarta-feira), às 19h15, no Morumbi.
  • Volta: Ceará x São Paulo, dia 10/08 (quarta-feira), às 19h15, na Arena Castelão.

Leia mais sobre o São Paulo:

Patrick fala sobre empate contra o Fluminense

O volante Patrick anotou o segundo gol tricolor e teve uma ótima oportunidade de fazer o terceiro, mas chutou cruzado para fora. O atleta foi eleito o melhor jogador do duelo em votação da detentora de transmissão. Logo depois da partida, o camisa 88 comentou o lance perdido e falou sobre o desgaste físico do time.

– Acho que um pouco a mais, eu conseguia o capricho para cruzar para o Calleri. É trabalho. A gente está trabalhando, se dedicando, para aguentar o máximo fisicamente possível para essa temporada que é muito difícil, muitos jogos, sequência grande – iniciou o volante.

– Tivemos um jogo muito intenso no meio de semana (contra o Palmeiras), hoje enfrentamos o Fluminense, que é um time que te obriga a usar o físico, te obriga a correr para recuperar a bola, tem qualidade para trabalhar. Vieram (torcedores) para nos saudar pelo jogo de quinta-feira, que não podiam estar presente e para nos dar força no jogo de hoje – disse.

– Saímos atrás, revertemos o placar, só que infelizmente em um lance de bola parada tomamos o gol. Sofremos um pouco com a posse de bola deles, talvez isso tenha dificultado um pouco a partida. É levantar a cabeça, lamentar pelo empate, mas continuar trabalhando porque o campeonato é longe e nós temos um objetivo dentro dele – completou.

São Paulo fatura alto com classificações

Na Sul-Americana, São Paulo já faturou 2 milhões de dólares (R$ 10,5 milhões) e pode chegar a 7,8 milhões de dólares (R$ 41 mi), caso seja campeão. Na Copa do Brasil, Tricolor já arrecadou R$ 7,67 milhões e, ao eliminar o Palmeiras, recebeu mais R$ 3,9 mi.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Banner Bônus Bet365