Vasco sofre, mas vence Guarani por 2 x 1 na Série B

Compartilhe com seus amigos:

Vasco sofre, mas vence Guarani por 2 x 1 na Série B

Na noite desta quarta-feira (31), o Vasco venceu o Guarani por 2 x 1, em São Januário, pela 27ª rodada da Série B. O time fez valer o fator campo e a arquibancada lotada, mas sofreu bastante nos 30 minutos finais e passou perto de levar o empate.

Melhores momentos – Vasco x Guarani

1º tempo: Nenê de pênalti

Decerto, a primeira chance foi do Vasco, em chute de Andrey Santos travado pela zaga, após cruzamento de Nenê. O time chegou a pedir pênalti, mas o VAR foi rápido na análise e deixou o jogo seguir. Aos 17 minutos, o lance do pênalti.

Boa jogada pela esquerda com Nenê, que lançou Andrey Santos na ponta da grande área. O jovem cruzou rasteiro e Eguinaldo deu só um toque, de jogada pivô, para Alex Teixeira chegar sozinho na cara do goleiro. Na hora da finalização, o camisa 7 foi calçado por Derlan e sofreu a falta máxima. Nenê bateu forte e no alto, com o goleiro ainda acertando o canto, mas não conseguindo defender, 1 x 0.

Logo depois, o Bugre foi para cima e teve boa chance. Edson recebeu na entrada da grande área, puxou para o pé esquerdo em drible sobre Edimar e chutou rasteiro, com grande defesa de Thiago Rodrigues. Na sequência, o time paulista quase empatou em cabeçada de Yuri. O atacante subiu sozinho em cruzamento de escanteio, testou para o chão, mas Thiago fez outra grande defesa.

No último lance da etapa, Nenê perdeu um gol incrível. O Vasco saiu em contra ataque rápido e Eguinaldo correu quase 50 metros com a bola dominada, com a opção do camisa 10 pela esquerda e de Alex Teixeira pela direita. O 3 x 2 contra a zaga do Guarani parou nos pés de Nenê, que sozinho, chutou cruzado e para fora.

2º tempo: gol relâmpago, pressão e vitória

Em suma, o segundo gol do Vasco saiu aos 19 segundos da etapa final. A jogada começa com Marlon Gomes, que lança Alex Teixeira. O Camisa 7 com um toque, acha Andrey Santos sozinho na entrada da área. O camisa 8 chuta para o gol, a bola desvia no zagueiro Derlan e sobra para Eguinaldo marcar, 2 x 0.

O Guarani foi para cima e teve uma grande chance antes de diminuir o placar. Primeiro, Isaque cabeceou uma bola em cruzamento da esquerda e obrigou Thiago a voar para espalmar. Entretanto, no escanteio, Giovanni Augusto bateu na pequena área e o zagueiro Anderson Conceição errou a cabeçada, marcando contra, 2 x 1.

Com o gol, o time paulista foi para cima e empilhou chances. Decerto, a primeira chance foi com Yuri, que brigou na força com os zagueiros do Vasco, passou no meio dos dois e chutou no canto, com a defesa do goleiro. Depois, Derlan cabeceou uma bola em escanteio e viu sua chance passar por cima da baliza, bem perto de entrar.

Aos 35 minutos, o menino Eguinaldo quase marcou um golaço. Sozinho, puxou um contra ataque de antes do meio campo pela esquerda. O atacante ganhou do lateral na corrida, puxou a bola para o meio e enquanto era marcado por três adversários, chapou a bola no canto e viu a chance chegar a raspar na trave. O atacante Fábio Gomes, que entrou no lugar de Eguinaldo, também teve duas boas chances. Na primeira, recebeu de Andrey dentro da área, mas parou em Koslinski. Depois, pelo lado esquerdo, Figueiredo lançou o camisa 98, que finalizou para fora. Final, 2 x 1 e festa em São Januário.

O que acontece agora e próxima partida?

Em suma, com a vitória, o Vasco chegou aos 45 pontos e recuperou o terceiro lugar após três rodadas. O time passou o Grêmio, que tem 44 pontos, mas perdeu na rodada. Por outro lado, o Guarani parou nos 26 pontos e na vice lanterna da competição.

No fim de semana, ambos voltam a campo para a rodada 28. O Vasco, no sábado (3), encara o Brusque fora de casa. Já o Guarani, também no sábado, receberá o Sampaio Côrrea. As duas partidas serão às 16h30 (horário de Brasília).

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: