São Paulo ganhará o Brasileirão?

Compartilhe com seus amigos:

Hernanes comemorando o gol do São Paulo

Aos poucos, o Tricolor do Morumbi vai ganhando forma no campeonato nacional

 

Sem faturar o Campeonato Brasileiro desde 2008, a torcida do São Paulo está carente de títulos e de conquistas. A última vez que os tricolores foram campeões foi em 2012, da Copa Sul-Americana.

Na temporada 2020, a equipe do Morumbi deixou o Campeonato Paulista passar e agora tem como possibilidades o próprio Brasileirão, a Libertadores da América e a Copa do Brasil. Veja como está a situação em cada disputa.

Campeonato Brasileiro

 

Logo no jogo de estreia, contra o Goiás, em Goiânia, a partida teve que ser adiada na última hora pelo fato de 10 jogadores do Esmeraldino terem sido detectados com coronavírus.

Na segunda rodada contra o Fortaleza em casa, a primeira vitória, pelo placar simples de 1 a 0. Depois disto vieram a derrota para o Vasco (1 a 0), o empate com o Bahia (1 a 1) e os triunfos sobre Sport (1 a 0), Athletico Paranaense (1 a 0) e Corinthians (2 a 1).

Tudo isso contabiliza 13 pontos ganhos na 2ª colocação da tabela de classificação.

Apesar do início da caminhada ter sido um pouco instável, o São Paulo parece estar conseguindo engrenar, não é? A diretoria manteve o técnico Fernando Diniz e ele vai ganhando mais tempo para encaixar mais o seu estilo de jogo e entrosar os jogadores, principalmente os mais novatos.

A cobrança por uma qualidade melhor vem sendo grande. É extremante compreensível a pressão para cima do comandante, afinal estamos falando de um clube seis vezes campeão nacional (1977, 1986, 1991, 2006, 2007 e 2008). Será que em 2020 o jejum chega ao fim?

O próximo compromisso é nesta quinta-feira, dia 3 de agosto, às 20h, no Mineirão, em Belo Horizonte. O São Paulo encara o Atlético Mineiro pela 7ª rodada do Campeonato Brasileiro.

No último encontro com os mineiros, ocorrido no Morumbi, no ano passado, os paulistas levaram a melhor e venceram por 2 a 0.

Taça Libertadores da América

 

A Libertadores, a principal competição para os são-paulinos, está de volta agora em setembro para alegria de todos nós. A formação do Morumbi está na 2ª posição do Grupo D, com 3 pontos ganhos, igual aos adversários.

Os comandados de Dinis têm totais condições de conseguirem a classificação para o mata-mata. O time entra em campo no dia 17 de setembro contra o River Plate, da Argentina, em casa, pela 3ª rodada.

Os demais adversários são a LDU, do Equador, e o Binacional, do Peru.

Na Copa do Brasil, o São Paulo vai entrar já nas oitavas de final pelo fato de estar na Libertadores. A equipe está no aguardo dos jogos das quartas para saber quem vai ser o seu adversário no torneio nacional.

O Soberano nunca em sua história foi campeão da Copa do Brasil. Este é o troféu que falta na gigantesca galeria tricolor de conquistas.

 O que pode fazer o torcedor acreditar em títulos na atual temporada?

 

Antes da longa parada de quatro meses por conta da Covid-19, o São Paulo vinha apresentando um futebol bem interessante e convincente.

Tanto que muitos analistas esportivas falavam que Fernando Diniz vinha conseguindo implementar o seu estilo de jogo – ofensivo e baseado no toque de bola – o que não conseguiu fazer em seus clubes anteriores (Athletico Paranaense e Fluminense).

De fato, a paralisação foi prejudicial para o Tricolor, quebrando o ritmo. Com o retorno, a equipe teve que praticamente começar do zero.

A chegada do atacante Luciano, que veio do Grêmio na troca com o meio-campista Everton, foi bem positiva. O cara chegou há quatro jogos e já fez dois gols importantíssimos e deu uma assistência.

Abastecido pelos experientes companheiros Daniel Alves e Hernanes, Luciano tem tudo para se tornar um homem-gol e um triunfo, marcando gols em duelos decisivos.

Outro detalhe extremamente positivo é o extracampo. Esse ano teremos eleições para presidente no clube. Como acontece em outros times, é fundamental blindar o elenco ao máximo para evitar que questões externas e políticas cheguem aos jogadores.

Caso isto não aconteça, complicará e muito a vida dos são-paulinos.

 

Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net

 

Compartilhe como seus amigos: