Paulo Pezzolano comenta sobre a ansiedade do time contra o Criciúma

Compartilhe com seus amigos:

A equipe cruzeirense esteve diante do Criciúma jogando em casa, no Mineirão. O jogo começou favorável ao Cruzeiro, com chances boas e finalizações erradas. Contudo, a equipe do Criciúma em um momento de desatenção dos defensores Eduardo Brock e Lucas Oliveira acabou saindo na frente aos 39′ do primeiro tempo. Ainda assim, a Raposa não desistiu e continuou batendo para à meta do goleiro Gustavo.

Já nos acréscimos do segundo tempo, Bruno Rodrigues que havia começado no banco conseguiu anotar o gol de empate, evitando assim a derrota no Mineirão. Em um cenário mais complicado do que apenas estar perdendo por um gol de diferença, o atacante Rafa Silva foi expulso faltando poucos minutos para o encerramento. Além disso, Neto Moura também está fora do próximo jogo por ter recebido o terceiro cartão amarelo. Ambos cumprem suspensão no jogo contra o Operário na quinta-feira (8).

Mesmo com um desempenho curioso da equipe celeste, Pezzolano valorizou a força de vontade e a entrega do Cruzeiro. “No segundo tempo, com um jogador a menos, fomos para frente. Tenho que ressaltar a coragem dos jogadores, esse jogo não estava fácil e tentamos buscar até o último segundo”, disse.

Afinal, por que Bruno estava na reserva se, em algumas ocasiões, foi o responsável pela vitória do cabuloso?

Pezzolano explicou o motivo de ter deixado Bruno no banco. De acordo com o treinador, o atacante precisa evoluir em alguns aspectos táticos se quiser manter o bom momento no Cruzeiro.

“Eu já falei com o Bruno  que necessito que ele seja eficiente para equipe e que tome decisões diferentes, que seja o mais produtivo. Eu acho ele um grande jogador, mas tenho que ajudá-lo a tomar decisões em quando deve ir no um contra um, jogar de tabela, chutar ou rolar a bola. Hoje, todas as jogadas ele quer ir para frente, tem coragem, mas nem sempre deve ir para frente”, explicou.

O treinador cruzeirense não deixou claro se Bruno Rodrigues irá retornar à equipe titular contra o Operário, na próxima quinta-feira (8). O jogo acontece no Mineirão, às 21h30, duelo válido pela 29ª rodada da Série B.

“Ele pode começar ou entrar no segundo tempo nos próximos jogos, porém, eu necessito que ele melhore esses detalhes e seja muito mais jogador do que é, porque acho que ele pode conseguir”, finalizou.

Bruno também deu entrevista pós-jogo

Autor do gol de empate do Cruzeiro no domingo (4), contra o Criciúma, o atacante Bruno Rodrigues lamentou o resultado da partida. Em jogo de ‘casa cheia’ no Mineirão, em Belo Horizonte, as equipes ficaram no empate em 1 x 1, na 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

“Agradecer por ganhar o craque do jogo. Trocaria pela vitória, mas agradecer o apoio da torcida. Quase 60 mil pessoas no estádio. Não foi o resultado que a gente queria, mas um ponto, para a nossa sequência, é muito importante. Agora, é descansar, que quinta-feira tem um jogo difícil pela frente”, disse o jogador.

Vale lembrar que Bruno não fica apenas até o fim da temporada, e tem contrato até o final do ano de 2023 com a raposa. Ou seja, fará parte do elenco que disputará a primeira divisão no ano que vem.

Foto destaque: Divulgação/ Cruzeiro

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: