Luciano quer “esquecer” derrota e focar na Sul-Americana

Compartilhe com seus amigos:

Luciano quer “esquecer” derrota e focar na Sul-Americana

Neste domingo (28), o São Paulo acabou sendo derrotado pelo Fortaleza, atuando no Estádio do Morumbi, em partida válida pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. Logo após a partida, o atacante Luciano lamentou o resultado negativo, mas lembrou do jogo importante que a equipe tem no meio de semana.

“Lamentar. A gente criou bastante oportunidade hoje (domingo), o goleiro deles estava numa tarde feliz. Lamentar. Amanhã (segunda-feira) trabalhar mais e focar no jogo de quinta-feira que é o mais importante para nós”, disse Luciano na saída de campo, logo após o apito final, em entrevista à TV Globo.

Ferraresi foi na mesma toada

Logo após o confronto, o zagueiro Ferraresi analisou a partida, focando na falta de pontaria do São Paulo para bater seu adversário.

– Faltou concretizar mais as jogadas. Creio que o time jogou bem, fomos bem ofensivamente, mas a bola não quis entrar hoje. É seguir com essa mentalidade, querer jogar, querer continuar a briga já pensando na quinta-feira – disse o zagueiro.

Além disso, para o camisa 44, o resultado negativo não afeta o time para a disputa da Copa Sul-Americana. Aliás, vale lembrar que na próxima quinta-feira (1), o Tricolor Paulista entra em campo para enfrentar o Atlético-GO. O venezuelano foi um inscrito para o torneio.

– Acho que não, acho que não afeta. ‘Trocamos’ a cabeça. Sabemos que já são três derrotas consecutivas aqui, não podemos seguir perdendo pontos no Brasileirão, sabemos que estamos precisando. Vamos, agora, quinta-feira, na Sul-Americana e depois, também, no Brasileirão e assim temos que seguir – disse.

Por fim, destacou os méritos do Fortaleza na partida, elogiando a participação do goleiro Fernando Miguel, eleito o melhor jogador do jogo. Mas ligou o alerta para a equipe que precisa acertar mais na pontaria.

– Acho que também há um pouco do mérito do rival, não? Porque, bem, o goleiro jogou muito bem hoje, assim como foi contra o Santos e na vez em que jogamos contra o Flamengo pela Copa do Brasil. Mas, pronto, tem que chegar e fazer. Eles chegaram uma vez no gol e fizeram o gol. Nós tivemos oito ou nove chutes na meta e não tivemos a sorte de marcar. Pronto, pensar já na quinta-feira, repetir igual. Seguir criando igual ou mais e ver se a bola entra – completou.

Milton Neves sobre São Paulo x Flamengo

O São Paulo foi derrotado pelo Flamengo na última quarta-feira (24), pelo placar de 3 a 1, em partida válida pela ida das semifinais da Copa do Brasil. Como resultado, no segundo gol, existe uma alegação de falta na origem da jogada, onde o meia Arrascaeta teria conduzido a bola com as mãos. Assim, para Milton Neves, o Rubro-Negro contou com a ajuda da arbitragem para vencer.

“Mais um roubo no Morumbi! Mais um roubo do Varmengo! Roubo! Assalto vergonhoso! Arrascaeta mete a mão no contra-ataque. Asqueroso“, disparou em mensagem que foi apagada posteriormente. “VAR foi criado apenas para ajudar o Flamengo, é isso mesmo?”, questionou.

Em suas redes sociais, o jornalista disputou contra a arbitragem, afirmando que mais fácil entregar uma camisa ao juiz da partida e que tudo para Arrascaeta é permitido.

“Tudo é permitido para Arrascaeta: quase quebrar a perna de adversário, meter a mão na bola. Oras, botem a camisa do Mengão no árbitro e deem o título a eles, pra quê jogar?“, expressou.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: