Neto questiona Ceni em treta com torcedor: “Está errado”

Compartilhe com seus amigos:

Neto questiona Ceni em treta com torcedor: “Está errado”

No último sábado (3), o técnico Rogério Ceni teve uma desavença com um torcedor na chegada do time em Cuiabá, para o confronto contra o time da capital, que terminou em 1 a 1. No programa “Os Donos da Bola”, o comentarista Neto questionou o fato do treinador ter ido tirar satisfações.

“Você está errado, Rogério. Quando todos os torcedores vão até o Morumbi com bandeiras, vocês não dessem para abraçá-los. Quem não é xingado e qual o direito que tem? A palavra que você falou nem deveria repetir na coletiva. Se todo mundo no estádio te xingar desse jeito, você vai xingar o estádio todo? Eu já fiz o que você fez, mas, às vezes, precisamos aprender”, disse Neto na edição de hoje do programa Os Donos da Bola, da Band.

“Muitas vezes você está como torcedor, dono do time, e não como treinador. Se ele fosse um jogador, a minha fala seria diferente, mas como comandante, se todos os jogadores foram xingados e foram embora, por que você como líder tinha que ir lá? Você devia bater palma para os jogadores”, acrescentou o apresentador.

Ceni comenta confusão com Deyverson

No empate do São Paulo com o Cuiabá, houve uma confusão no primeiro tempo e outra no segundo, envolvendo o atacante Deyverson e os jogadores do Tricolor Paulista. Aliás, na segunda etapa, o lateral-esquerdo Welington, um dos esteve no entrevero, foi expulso. Logo após a partida, o técnico Rogério Ceni falou sobre o ocorrido.

“Nosso time é jovem, tem muitos garotos, mesmo os que vem de fora. Ele é inteligente nesse sentido, bom jogador dentro de campo, tem bola aérea como ponto forte. Tem que tentar provocá-lo, eu faria isso aos 40 anos, aos 36. talvez aos 23 eu também discutiria”, disse Ceni.

“Tentaria fazer com ele o que ele tenta fazer. Ele leva o jogo do jeito dele, é menino alegre, feliz, e você tem que tentar desestabilizar para que eles fiquem com um a menos antes do que a gente fique“, completou.

Pouco tempo antes, o camisa 9 do Dourado se defendeu das críticas dos jogadores do São Paulo e fez uma reflexão sobre a situação que envolveu toda a briga.

“Se o futebol não tiver coisa bonita, vamos fazer o quê? Sermos robôs? O Ronaldinho Gaúcho fazia isso, Neymar faz. Por que eu não posso? O Rafinha disse para não ser palhaço, mas não sou palhaço. Sou profissional, fiz dois gols de título e ele tem que ter respeito, independentemente do time.“, afirmou.

Denílson fala em ponto salvador

No programa “Jogo Aberto”, o comentarista Denilson falou que o duelo foi desesperador para ele como torcedor. Além disso, acredita que a escalação não foi a melhor para o confronto, lembrando que Ceni optou por escalar um time com reservas.

“Que jogo desesperador”, afirmou Denílson, que concluiu – “Quando você vê a escalação, antes do jogo, você já espera um jogo ruim. Mas não da forma que foi”.

Logo depois, o comentarista falou sobre o resultado. Antes da partida, o Tricolor Paulista estava há quatro pontos da zona de rebaixamento e agora está com cinco. Para Denilson, o tento conquistado em Cuiabá foi fundamental para o time escapar do Z4.

“Me arrisco em dizer que esse ponto foi o ponto que salva o São Paulo da zona de rebaixamento. Olha o que estou falando. Tem muitos jogos ainda pela frente, mas acho que esse gol vai salvar o São Paulo na zona de rebaixamento”, comentou Denílson.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: