Tom Brady manda recado para Cássio: “Você é lendário”

Compartilhe com seus amigos:

Tom Brady manda recado para Cássio: "Você é lendário"

Um dos maiores ídolos da história do Corinthians, Cássio concedeu entrevista coletiva na tarde da última sexta-feira (29), véspera da partida diante do Botafogo, no sábado, às 19h (horário de Brasília), em casa, pelo Brasileirão Série A.

O goleiro completou 603 jogos com a camisa do Timão, deixando para trás o ex-goleiro Ronaldo Giovanelli. Ainda assim, o camisa 12 não deve parar por ai. Muito provavelmente deve alcançar Luizinho (607 jogos) em agosto e ficará apenas atrás de Wladimir, que tem 806. Por isso, o ídolo ganhou homenagens antes da entrevista coletiva e recebeu até um recado de Tom Brady, astro do futebol americano, esporte do qual Cássio é fã.

“Passa um filme muito bom, de coisas que jamais imaginei na minha vida. Sou grato a Deus por estar vestindo essa camisa, por estar onde estou. Só tenho a agradecer. Mas sei que tem muita coisa boa pela frente para conquistarmos”, disse o goleiro.

Antes de começar a entrevista, Cássio recebeu o primeiro presente: uma luva dourada feita pelo artista Fabio Nakano em parceria com a Nike e o Corinthians. Além disso, as torcidas organizadas do Timão também prestaram uma homenagem ao goleiro.

Cássio ganha homenagem pelos 603 jogos no Corinthians — Foto destaque: Divulgação / Rodrigo Coca / Corinthians
Cássio ganha homenagem pelos 603 jogos no Corinthians — Foto destaque: Divulgação / Rodrigo Coca / Corinthians

Quando questionado sobre a possibilidade de ser o 1º do ranking, Cássio respondeu:

“Tem que pensar ano a ano. Essa é a minha 11ª temporada. Então tenho que viver o momento, me dedicar e fazer o melhor hoje. É focar, sim. Se você fosse olhar lá atrás, jogador jogava até 35 anos, mas hoje estamos passando tranquilamente isso. Mudaram os cuidados, estamos mais profissionais, têm muitas coisas que agregam… Então vamos lá, ano a ano. Mas quem sabe…”, comentou Cássio.

Confira os jogadores com mais partidas pelo Corinthians:

 

  1. Wladimir – 806 jogos
  2. Luizinho – 607 jogos
  3. Cássio – 603 jogos
  4. Ronaldo Giovanelli – 602 jogos
  5. Zé Maria – 598 jogos

Aos 35 anos, Cássio coleciona outros recordes. A saber, é o maior vencedor da história do clube. São nove títulos conquistados de 2012 para cá, com destaque para a Libertadores, inédita até então na história alvinegra, e o Mundial, ambos em 2012.

“Eu me blindo muito disso (recordes). Não me apego. Quem me passa os dados é o pessoal da assessoria. Não que eu não respeite, não fique lisonjeado, mas temos que manter sempre os pés no chão, se dedicar no momento. Vou ter dimensão quando parar de jogar, aí você vê tudo que construiu”, disse Cássio.

Cássio concede entrevista coletiva em comemoração aos 603 jogos no Corinthians — Foto destaque: Reprodução / Henrique Toth
Cássio concede entrevista coletiva em comemoração aos 603 jogos no Corinthians — Foto destaque: Reprodução / Henrique Toth

Recado de Tom Brady

 

Fã de futebol americano, Cássio teve um momento de euforia na coletiva. Tom Brady, quarterback do Tampa Bay Buccaneers, um dos maiores jogadores do esporte norte-americano e marido da modelo brasileira Gisele Bündchen, mandou um recado para o goleiro corintiano.

“Eu sei que você é um torcedor dos Giants. Mas eu sei que você sabe muito de defesa e eu de ataque. Faríamos uma boa dupla. Você é lendário. Parabéns e boa sorte no resto da temporada!”, disse Brady.

Vai virar treinador?

 

Por fim, comentou sobre o futuro após a aposentadoria. O goleiro não descartou a possibilidade de se tornar treinador de futebol.

“É uma coisa que pode ser que aconteça. Mas tem que ter um estudo. Tive o privilégio de trabalhar com grandes treinadores, posso ter também, fazer um estágio com essas pessoas, porque tem muito para aprender”, revelou.

Foto destaque: Reprodução / Henrique Toth

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: