Emílio Faro lamenta derrota e questiona críticas

Compartilhe com seus amigos:

Emílio Faro lamenta derrota e questiona críticas

O treinador Emílio Faro falou sobre a derrota do Vasco para o Bahia, de virada, por 2 x 1, neste domingo (28). O treinador lamentou o resultado, mas questionou as críticas ao time pelas faltas de finalizações. Foram duas apenas nos 90 minutos e a torcida ficou na ira com a forma de jogar. Decerto, Emílio falou que o time se preparou para os contra ataques e teve campo para correr, mas não soube aproveitar:

“Não há estratégia de “não finalizar”. A gente não conseguiu fazer transição. A gente teve muita oportunidade de transitar e ser mais letal à defesa do Bahia. A partir do momento que a gente abriu o placar, cada vez eles iam se lançar mais e a gente conseguiria situação de contra-ataque. A gente pega finalização de uma maneira que a gente traz a estatística para uma coisa que não é.

Muitas vezes você pega uma bola e chuta de maneira despretensiosa. E quando você olha a estatística, tem um chute. Tem chute da intermediária, tem outro chute. Ou seja, a gente teve transições, a gente teve situação de atacar adversário. Mas a gente não conseguiu atingir a meta. Por isso a gente não fez placar melhor para gerar confronto nos dois gols que tomamos”.

Na análise da partida, o treinador falou que o principal fator do Vasco era segurar o ímpeto dos baianos no primeiro tempo e deixar a torcida nervosa. Em suma, os contra ataques foram muito trabalhados nos 10 dias de treinamento, mas nada funcionou:

“A intenção era atrair o Bahia. A gente consegue no início o gol, e a intenção era, através da torcida deles, nessa situação de não conseguir o resultado logo de início, ir desequilibrando o Bahia. Automaticamente, essa situação de isolamento, um jogador com a qualidade do Alex, tinha e tem toda condição de criar uma situação contundente contra o time deles. Eles abaixaram os dois jogadores de lado para alçar bola na área a partir dos 35 minutos e começaram ter efetividade. Conseguiram o primeiro gol numa situação infeliz da gente, viraram, aí mudou a perspectiva do segundo tempo”.

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: