Jorginho projeta partida contra o Grêmio

Compartilhe com seus amigos:

Jorginho projeta partida contra o Grêmio

Decerto, o novo treinador do Vasco planejou a partida contra o rival Grêmio, no próximo domingo (11). Jorginho chegou na última terça-feira (7) e deu sua entrevista coletiva nesta quarta (8). Questionado sobre o confronto direto da equipe, que brigam pelo terceiro lugar da tabela, Jorginho projetou a partida e o que pode fazer para vencer fora de casa:

“Sabemos que jogar contra Grêmio, Inter, no Sul, é sempre muito difcil. Renato teve um período maravilhoso lá, situação um pouco diferente agora. Sei que vai estar um clima favorável com a torcida. O que falei ontem na apresentação é que precisamos ter coragem. Primeira coisa quero meus jogadores é justamente essa confiança, coragem de jogar. Torcida não vai entrar em campo, vai empurrar, gritar. Essa semana para mim vai ser muito importante para organizar algumas coisas que vi, principalmente últimos três jogos, precisava de uma organização melhor. A gente tem que estar defensivamente mais organizado para não sofrer muito”.

Vasco focado para vencer fora de casa

Em suma, Jorginho falou sobre o que pode fazer para ajudar o Vasco com os jogos fora de casa. Em toda a Série B, o time tem sete derrotas jogando como visitante e apenas três vitórias. Decerto, o treinador elencou algumas questões que podem pesar na hora dos 90 minutos e o que vai ajudar no elenco:

“Uma equipe precisa ter um equilíbro na parte tática e emocional. É fundamental que o jogador acredite. Por isso que digo que um Alex, um Nenê, um Anderson, eles são muito importantes, porque eles têm essa capacidade. No jogo passado, o Eguinaldo, em alguns momentos, na tomada de decisão, e a gente falando sobre renovação de Andrey, Eguinaldo indo pra Seleção, mas são jogadores que precisam de maturação e de alguns toques nos momentos de tomada de decisão ainda errada, diante de um adversário já falando: olha, joga por aqui. Ele jogou… Lembrando apenas de um momento do jogo, o lateral deu o fundo para ele porque já estava na frente dele. Ele fez isso. Em alguns momentos, uma tomada de decisão, é fundamental ter a experiência de um atleta como Nenê, como Alex, o próprio Anderson, que trabalhou comigo e é um líder nato”.

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: