Após 10 anos seguidos, CR7 e Messi ficam de fora do top 3 melhores da Europa; Veja a lista divulgada pela UEFA

Compartilhe como seus amigos:

Kevin De Bruyne, Lewandowski e Manuel Neuer, top3 da UEFA

Cristiano Ronaldo e Lionel Messi apareceram por 10 anos consecutivos no top 3 melhores jogadores da Europa. Porém, na edição de 2020, estes dois craques ficaram de fora. Por certo, esta relação foi divulgada pela UEFA, na manhã desta quarta-feira (23). Assim, com tais ausências, Robert Lewandowski, Manuel Neuer e Kevin De Bruyne são os únicos atletas na briga pelo Prêmio de Melhor Jogador da UEFA.

Leia mais: EURO 2021: quem será o próximo campeão? Confira a nossa análise e as cotas das casas de apostas!

banner bet365

É válido explicar como essa lista foi produzida. No total, o júri é composto por 105 pessoas. 80 delas são técnicos de clubes que disputaram, na temporada passada, a fase de grupos da UEFA Champions League e UEFA Europa League. Além disso, os outros 55 são jornalistas convidados de cada uma das federações filiadas à entidade.

O sistema de votação funciona da seguinte maneira: cada jurado escolheu três jogadores, o primeiro recebeu cinco pontos, o segundo três e o terceiro apenas um ponto. Sem dúvida, a escolha deve levar em consideração o desempenho dos atletas durante toda a temporada. Isso inclui competições de clubes e seleções.

Desse modo, jogadores do Bayern de Munique, atual campeão europeu e alemão, dominaram o top 10. Cinco nomes do clube bávaro foram selecionados, ou seja, metade da lista. Contudo, atletas do PSG, campeão francês e vice-campeão da Champions, também tiveram seus nomes citados. Assim como da Juventus, Manchester City e Barcelona.

Leia mais: Internacional x Grêmio 23/09: confira análise para esse Gre-Nal na Libertadores

CONFIRA O TOP 10

  • Finalistas: Manuel Neuer (Bayern de Munique), Robert Lewandowski (Bayern de Munique) e Kevin De Bruyne (Manchester City)
  • 4º lugar: Lionel Messi (Barcelona) – 53 pontos
  • 4º lugar: Neymar (Paris Saint-Germain) – 53 pontos
  • 6º lugar: Thomas Müller (Bayern de Munique) – 41 pontos
  • 7º lugar: Kylian Mbappé (Paris Saint-Germain) – 39 pontos
  • 8º lugar: Thiago Alcântara (Bayern de Munique) – 27 pontos
  • 9º lugar: Joshua Kimmich (Bayern de Munique) – 26 pontos
  • 10º lugar: Cristiano Ronaldo (Juventus) – 25 pontos

Conforme divulgado, a honraria ficará entre o goleiro Neuer, e os atacantes Lewandowski e De Bruyne. A UEFA não divulgou a quantidade de votos de cada um. Afinal, esse número será conhecido apenas no dia 1º de outubro, quando acontecerá a premiação, que, em virtude do novo coronavírus, ocorrerá de maneira virtual.

PELA PRIMEIRA VEZ, CR7 E MESSI DE FORA

Tais desfalques não aconteciam desde 2011, ano de criação da honraria. Só para ilustrar essa hegemonia de CR7 e Messi, o português tem oito indicações, e o argentino cinco. Enquanto isso, Ronaldo acumula três conquistas (2013/14, 2015/16 e 2016/17), sendo o maior vencedor da história, e Messi soma apenas uma (2014/15). Na edição passada, onde o holandês Virgil Van Dijk levou a melhor, Lionel Messi terminou em 2º e Cristiano Ronaldo logo atrás, na 3ª colocação.

Em contrapartida, Neymar jamais figurou entre o top3. Na temporada 2014/15, Ney fez sua primeira aparição no top 10, quando foi eleito o 5º melhor jogador da Europa. Agora, em 2020, o jogador do PSG conseguiu o melhor resultado na premiação, com o 4º lugar. Sabendo que essa seleta lista considera somente jogadores de clubes europeus, os brasileiros não costumam ser relacionados. Por fim, o Brasil possui três participações. Duas delas graças a Neymar, 2014/15 e 2019/20, e uma do goleiro Alisson Becker, que ficou na honrosa 4ª posição da temporada 2018/19.

Leia mais: Leicester x Arsenal 23/09: analisamos este super jogo, confira

Foto destaque: Divulgação

Compartilhe como seus amigos:

banner bet365