Após a quarentena, corridas de galgos são retomadas no Reino Unido

Compartilhe como seus amigos:

Imagem ilustrativa de corridas de galgos

Conforme divulgado pela Sports Information Service (SIS), as corridas de galgos já foram retomadas no Reino Unido. Por certo, a SIS é a empresa responsável por fornecer conteúdos de apostas em galgos. Além de ser a operadora de pista. Neste retorno pós quarentena, a expectativa é que ela ofereça cobertura em oito circuitos diferentes. Vale lembrar que o novo coronavírus ainda não foi erradicado. Tampouco a vacina está disponível, Desse modo, as corridas de galgos ainda sofrem com restrições.

Leia mais: Como apostar Lay em corridas de galgos?

banner bet365

Assim, o Conselho de Corridas de Galgos da Grã-Bretanha (GBGB) elaborou algumas regras. De acordo com o Conselho, a retomada dessas competições acontecem em cinco fases. De maneira gradativa e, é claro, sempre respeitando os protocolos médicos. Essas fases incluem reuniões de portas fechadas entre os membros da GBGB. A saber, as corridas não aconteciam desde o fim do mês de março, mais precisamente no dia 23 de março de 2020. Nesse ínterim, aconteceu o “boom” do novo coronavírus. Não apenas no Reino Unido, como também em grande parte da Europa.

CORRIDAS DE GALGOS VOLTARAM, MAS COM RESTRIÇÕES

Sabendo que o número de casos positivos da covid-19 diminuíram na Terra da Rainha, houve o retorno das corridas de galgos. Entretanto, a presença de público ainda não é permitida. Por certo, essa medida visa minimizar a disseminação do vírus entre os cidadãos. Além disso, o Conselho de Corridas de Galgos da Grã-Bretanha permitiu apenas 10 por equipamento e o intervalo mínimo de 30 minutos entre cada uma das corridas. A cada sete dias serão disputadas oito corridas. Só para ilustrar, os duelos acontecem pela manhã, tarde e noite. Ou seja, duas na parte da manhã, duas de tarde e duas de noite. E o Sports Information Service informou que será realizada a cobertura de 42 faixas.

Leia mais: Afinal, o que significa Dutching?

Confira, a seguir, a fala de Paul Witten. A saber, Paul é o diretor de produtos do SIS.

Estamos muito satisfeitos em ver um retorno às corridas e gostaríamos de agradecer às nossas pistas, que apoiaram muito essas novas medidas.”

Posterirormente, Witten também revelou outras novidades. Como, por exemplo, o contato com a Irish Greyhound Board, A ICB é o órgão irlandês encarregado de regular e promover as corridas de galgos na Irlanda. Desse modo, essas conversas buscam incluir a Irlanda nos serviços da SIS. Aumentando as operações para o país “dos leprechauns e potes de ouro”.

SEGUNDA ONDA DE COVID-19 NA EUROPA

Conforme o passar das semanas, a tendência é que haja uma evolução no retorno das corridas de galgos. Todos os protocolos são seguidos à risca. Afinal, todos os fãs, apostadores e donos de galgos querem voltar à velha realidade. Uma vez que isso aconteça, ampliando o número de corridas para 12. O intervalo também muda. Assim, de 30 minutos para 25 para cada corrida. Por fim, a segunda onda do novo coronavírus na Europa ganha contornos. Holanda, França, Espanha e Itália vêm batendo recordes diários de novos casos. Se a covid-19 incluir o Reino Unido em seu itinerário, isso pode frear as corridas de galgos.

Leia mais: Veja como apostar em galgos na Bet365

Foto destaque: Reprodução – Internet/ Arte – Shaftscore

Compartilhe como seus amigos:

banner bet365