Flamengo tenta acabar com tabu dos estreantes na Libertadores

Compartilhe como seus amigos:

libertadores

A noite de quarta-feira promete muita emoção no estádio Metropolitano de Barranquilla. A partir das 21h30 (Horário de Brasília), o atual campeão da Liberta, o Flamengo, começa a defesa do seu título diante do Junior Barranquilla-COL.

Leia Mais: Rony é a grande aposta do Palmeiras na estreia da Liberta

Comandados por Jorge Jesus, o Rubro-Negro entra no torneio como o principal favorito e espera começar com o pé direito. Consciente que a parada será complicada, o time carioca promete muita concentração e não quer cair na pilha das arquibancadas, que prometem pressionar muito ao longo do jogo.

Apesar de todo o favoritismo, o Flamengo não terá alguns jogadores importantes para o duelo. O lateral Rafinha, o zagueiro Rodrigo Caio e o atacante Bruno Henrique estão lesionados. No meio-campo, o desfalque é William Arão, suspenso.

Com isso, a esperança fica por conta de Gabigol, que não cansa de balançar as redes adversárias e quebrar recordes com a camisa do time mais popular do Brasil.

Confira a provável Escalação do Flamengo: Diego Alves; João Lucas, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Felipe Luis; Gerson, Tiago Maia, Everton Ribeiro, Arrascaeta e Vitinho; Gabriel Barbosa.

Estreias dos Campeões

 

Como se não bastasse toda a dificuldade de encarar um time tradicional da América do Sul, o Flamengo ainda terá que lidar com o retrospecto dos estreantes na competição.

Nos últimos 10 anos, apenas três campeões iniciaram com vitória (Estudiantes, Atlético-MG e San Lorenzo).

A pior estreia de um atual campeão na Liberta aconteceu em 2012, quando o Santos foi até La Paz e acabou superado pelo The Strongest.

Será que o Flamengo vai quebrar esse tabu de quatro anos sem estreia de campeões da Liberta com vitória?

Confira os resultados

Estudiantes 5 x 1 Juan Aurich – Libertadores 2010
Emelec 1 x 1 Inter – Libertadores 2011
The Strongest 2 x 1 Santos – Libertadores 2012
San José 1 x 1 Corinthians – Libertadores 2013
Zamora 0 x 1 Atlético-MG – Libertadores 2014
Danubio 1 x 2 San Lorenzo – Libertadores 2015
The Strongest 1 x 1 River Plate – Libertadores 2016
Barcelona Guayaquil 2 x 1 Atlético Nacional – Libertadores 2017
Defensor 1 x 1 Grêmio – Libertadores 2018
Alianza Lima 1 x 1 River Plate – Libertadores 2019

Compartilhe como seus amigos: