Final da Copa do Brasil: sorteio desta terça define mandos de campo

Compartilhe com seus amigos:

Sorteio vai definir os mandos de campo — Foto destaque: Reprodução / Ronald Lincoln

A CBF divulgou na noite do último sábado (17) que o sorteio dos mandos de campo da final da Copa do Brasil, entre Corinthians e Flamengo, acontecerá nesta terça-feira (20), em evento que acontecerá na sede da federação, às 11h (horário de Brasília).

O sorteio de mandos de campo da final da Copa do Brasil 2022, procedimento previsto no Artigo 19 do Regulamento Específico da Competição (REC), terá a participação dos treinadores e capitães de CorinthiansFlamengo, com entrevista coletiva logo após a cerimônia das bolinhas.

Após o sorteio, em momento oportuno, a diretoria de competições da CBF divulgará, formalmente, os locais e horários das partidas.

Em suma, o Corinthians chegou à decisão após eliminar o Fluminense nas semifinais.

A classificação do Corinthians para a fase final da Copa do Brasil, ao eliminar o Fluminense na Neo Química Arena, é a 7ª na história da competição, que teve como primeiro ano de disputa 1989.

O time alvinegro é um dos maiores campeões, com três títulos, levantados nos anos de 1995, 2002 e 2009. Veja abaixo as finais disputadas pela equipe paulista:

1995

A equipe comandada por Eduardo Amorim, venceu às duas finais da edição contra o Grêmio, de Felipão.

No Pacaembu, vitória por 2 x 1, com gols de Viola e Marcelinho Carioca, de falta. No Olímpico, 1 x 0, de novo com Marcelinho, garantindo o título nacional.

Corinthians comemora título da Copa do Brasil de 1995 — Foto destaque: Divulgação/Marcos Mendes/Estadão Conteúdo
Corinthians comemora título da Copa do Brasil de 1995 — Foto destaque: Divulgação/Marcos Mendes/Estadão Conteúdo

2001

O Corinthians, de Vanderlei Luxemburgo, encontrou novamente o Grêmio, desta vez comandado por Tite. A conquista, no entanto, não veio.

No Rio Grande do Sul, empate por 2 x 2, com gols alvinegros de Marcelinho e Muller. Em São Paulo, derrota por 3 x 1, com o gol solitário de Ewerton.

Corinthians é surpreendido pelo Grêmio em 2001 — Foto destaque: Divulgação/ Mauro Vieira/ Agência RBS
Corinthians é surpreendido pelo Grêmio em 2001 — Foto destaque: Divulgação/ Mauro Vieira/ Agência RBS

2002

Após um ano de sofrimento, o Timão voltou a mais uma final de Copa do Brasil, contra um azarão: o Brasiliense, do técnico Péricles Chamusca.

Com Carlos Alberto Parreira a beira do campo, o Corinthians encaminhou o título ao vencer em casa por 2 x 1, com dois gols de Deivid, e empatar por 1 x 1 no Distrito Federal. Gol marcado mais uma vez por Deivid.

Deivid, o cara das finais — Foto destaque: Reprodução / Globo Minas
Deivid, o cara das finais — Foto destaque: Reprodução / Globo Minas

2008

Em um ano de reconstrução, o Corinthians disputou e venceu a Série B do Brasileirão e por pouco não faturou a Copa do Brasil no mesmo ano.

O time de Mano Menezes perdeu a grande decisão para o Sport. No jogo de ida, vitória paulista, por 3 x 1, com gols de Dentinho, Herrera e Acosta. No entanto, na Ilha do Retiro, o único gol marcado em São Paulo foi crucial para os pernambucanos. Isso porque, os comandados de Nelsinho Baptista venceram por 2 x 0 e ficaram com o título.

Sport bate o Corinthians na Ilha do Retiro e conquista a Copa do Brasil — Foto destaque: Reprodução / Arquivo Globo Esporte
Sport bate o Corinthians na Ilha do Retiro e conquista a Copa do Brasil — Foto destaque: Reprodução / Arquivo Globo Esporte

2009

No ano seguinte, o Corinthians novamente chegou à final da Copa do Brasil. E, o trio veio.

Diante do Internacional de Tite, o Timão venceu no Pacaembu por 2 x 0, com gols de Ronaldo e Jorge Henrique. No Beira Rio, os paulistas abriram 2 x 0 com gols de Jorge Henrique e André Santos, mas levaram o empate na reta final. Mesmo assim, o título ficou com os comandados de Mano Menezes.

Corinthians fatura 3º título de Copa do Brasil — Foto destaque: Divulgação / Daniel Augusto / Corinthians
Corinthians fatura 3º título de Copa do Brasil — Foto destaque: Divulgação / Daniel Augusto / Corinthians

2018

Por fim, a última final foi bastante dolorosa para o torcedor alvinegro. Em um ano de má campanha no Brasileirão, o Timão chegou à decisão com o técnico Jair Ventura, mas perdeu os dois jogos da final para o Cruzeiro: 1 x 0 no Mineirão e 2 x 1 na Neo Química Arena.

Douglas, Léo Santos e Fagner, do Corinthians, em 2018 — Foto destaque: Reprodução / Florido
Douglas, Léo Santos e Fagner, do Corinthians, em 2018 — Foto destaque: Reprodução / Florido

Foto destaque: Reprodução / CBF

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: