Cipriano é registrado no BID e poderá atuar pelo Cruzeiro de imediato

Compartilhe com seus amigos:

O novo reforço do Cruzeiro para a sequência da temporada, o lateral-esquerdo Marquinhos Cipriano concedeu sua primeira entrevista coletiva na Toca da Raposa. A saber, o atleta de 23 anos se colocou à disposição do técnico Paulo Pezzolano para estrear pelo clube celeste e falou sobre seu aprendizado durante a passagem pela Europa.

“Estou muito ansioso para estrear e poder estar perto dessa torcida. Estou treinando o máximo, tive um mês de preparação. A relação entre treino e jogo não é a mesma coisa, mas a gente tenta buscar o mais perto do jogo no treino, aumentando o ritmo e treinando forte. Me sinto preparado. Se for 10, 30 ou 90 minutos, eu vou dar o meu melhor pelo Cruzeiro”, afirmou.

O jogador foi contratado ainda em julho mas por motivos burocráticos ficou impedido de ser registrado no BID. A saber, Marquinhos pertencia ao Shaktar Donetsk, time ucraniano com uma grande tradição quando envolve jogadores brasileiros. Um dos grandes berços de atletas brasileiros que são vendidos ainda jovens para a Europa.

O defensor dependia da liberação da Federação Ucraniana de Futebol, que não cumpriu o prazo de sete dias para o envio do Certificado Internacional de Transferência. Além disso, a Fifa foi uma das responsáveis por ajudar Cirpriano com a liberação, e tudo foi regularizado. Assim, dando a oportunidade do jogador estar disponível no banco para o duelo contra  Chapecoense.

Passagem pela Europa ainda muito jovem

Aos 23 anos, muitos jogadores já estão consolidados no futebol nacional e internacional. Contudo, Marquinhos chegou ao Shaktar com 18 anos. Comentou em entrevista também sobre como foi sua transformação de atacante para lateral-direito.

“Saí muito cedo, com 18 anos. Cheguei lá como atacante e logo em seguida passei pra lateral esquerda. Aprendi muito defensivamente, aprendi taticamente também. A Europa é um lugar que aprendi muito. Sou grato ao Shakhtar e ao Sion, aprendi muito por lá”, disse.

“Aprendi taticamente e fisicamente também. (O futebol europeu) é um futebol mais rápido, na Ucrânia é mais força, na Suíça é mais técnica, jogo mais pensado. Então aprendi muito e evolui muito sim”, completou.

Cipriano não foi o único jogador recentemente registrado no BID pelo Cruzeiro

A equipe celeste tem feito uma forte janela de transferencia, reforçando praticamente todos os setores do time. Assim, Wesley Gasolina ex-Juventus, foi anunciado pelo clube na segunda-feira. Salvo, o portal Superesportes apurou que para acertar com o jovem em definitivo, o Cruzeiro precisou pagar cerca de R$ 2 milhões ao clube italiano por 50% dos direitos econômicos do jogador. O defensor vem treinando com os companheiros desde o início desta semana e pode ser uma das novidades na lista de relacionados da Raposa para o duelo contra a Chapecoense.

Com a possível suspensão de Brock, o time conta com defensores contratados e jogadores que já estavam no elenco

Capitão do Cruzeiro, o zagueiro Eduardo Brock será julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) na próxima terça-feira (16) e pode ser punido com até três jogos de suspensão. O julgamento acontece pelo fato de Brock ter sido expulso em um lance duro contra o Bahia na vitória por 1 x 0 no Mineirão.

Foto destaque; Divulgação/ Cruzeiro

 

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: