Técnico do Cruzeiro alertou à aqueles que pensam que o Cruzeiro já subiu

Compartilhe com seus amigos:

Técnico do Cruzeiro alertou à aqueles que pensam que o Cruzeiro já subiu

Após o jogo contra a Chape, o técnico do Cruzeiro Paulo Pezzolano alertou que ‘Aquele que acha que o Cruzeiro já subiu é um problema. ‘ Na coletiva de imprensa pós jogo, Paulo foi questionado sobre o duelo contra o Grêmio previsto para o próximo final de semana.

“Jogo muito difícil. Jogar de visitante contra o Grêmio é muito difícil. Um elenco muito bom, bom treinador. Nós temos que fazer nosso jogo lá, colocar muita intensidade e jogar com coragem no campo deles. Sabemos que hoje é um confronto direto pela primeira posição, mas sabemos que não vai ser o jogo do acesso. Faltam muitos jogos”, avaliou.

“Vai ser o duelo que pode já colocar com mais diferença no primeiro lugar, o que seria bom. Mas está tranquilo, faltam muitos jogos. Esse vai ser mais um jogo que teremos que sair com tudo, porque eles vão jogar uma final. Temos que estar preparados para isso”, completou.

No sábado (14), o Cruzeiro enfrentou a Chapecoense no estádio Mané Garrincha. A saber, o Mineirão irá receber um festival, e por isso o celeste atuou na capital brasileira. Mesmo assim, como o jogo teria a raposa como mandante, o mando do campo foi da raposa. Além do mais, matematicamente caso o cabuloso tivesse vencido, já estava garantido na Série A, visto que mesmo que perdesse todas as partidas desde então, não sairia do G4, estando assim, no Brasileirão no ano que vem.

Técnico também não há necessidade de alterações nos titulares da equipe celeste

Quando questionado sobre as possíveis mudanças táticas no Cruzeiro, Paulo disse que não faria alterações na forma de jogar da equipe. “Por que fazer algo diferente se você está fazendo bem?”, indagou.

“Os melhores times do mundo não trocam. Fazem a diferença conforme o espaço que o rival deixa. Hoje, o Cruzeiro é a melhor equipe dessa série. Então, é difícil trocar. Seria muito erro trocar agora, que o Cruzeiro é o primeiro e fizemos todos os pontos jogando dessa maneira”, afirmou.

“Por quê? Porque vai trazer instabilidade, e não é momento de gerar instabilidade no campeonato. Quando você vem mal, sim, tem que trocar, tem que provar algo diferente. Mas por que fazer algo diferente se você está fazendo bem?”, completou.

O Cruzeiro continua como líder isolado da Série B, com 53 pontos – a 19 do Londrina, primeiro clube fora do G4. A Raposa conta os dias para concretizar o acesso à Série.

Ansiedade para a promoção que está perto de ser concretizada

Nesse sentido, falou também sobre a calma que precisam ter para continuar fazendo um bom trabalho, e que todos estão ansiosos para a promoção se concretizar logo.

“Tranquilo. Nós temos que seguir fazendo o nosso jogo – é o que faz a diferença no campo. Tentar fazer nosso jogo, seguir melhorando. Faltam muitos jogos ainda. Aquele que acha que o Cruzeiro já subiu é um problema. Nenhum jogador que ache isso vai jogar. Nenhum trabalhador do Cruzeiro que fale isso vai estar perto. Falta muito. Para quem conhece de futebol, falta muito”, opinou

“Necessitamos estar concentrados no dia a dia e temos que somar os pontos para subir. O objetivo é subir. Sim, cria-se uma ansiedade para todos, sim. Agora, temos que estar tranquilos. Temos dois dias para, acima de tudo, descansar a cabeça, e depois vir com tudo porque temos um jogo direto com o Grêmio. Mais que nada, preparar a cabeça. É o momento disso e enxergar cada jogo como uma final, como estamos fazendo. Nada mais. Seguir trabalhando nisso”, completou.

Foto destaque; Divulgação/ Cruzeiro

 

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: