Defesa do Fluminense tem queda de produção

Compartilhe com seus amigos:

Defesa do Fluminense tem queda de produção

A defesa do Fluminense, que antes era vista como um dos pontos fortes da equipe, comandada pelo técnico Fernando Diniz, vem sofrendo queda de produção. Já que, nos últimos jogos, o Tricolor sofreu 11 gols. Assim sendo, com média de quase dois gols sofridos por partida. Além disso, a equipe carioca venceu apenas um desses jogos. Ao passo que empatou três e perdeu outros dois.

A saber, a última partida que a defesa do Fluminense não foi vazada, foi na vitória sobre o Cuiabá, por 1 x 0, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, em 14 de agosto. Contudo, o Tricolor vinha sofrendo alguns gols. Mesmo que estivesse invicto. Mas eram bem menos.

Dessa maneira, a equipe carioca ficou invicta durante 13 jogos, somando as duas competições que disputa, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro. Assim sendo, foram 10 vitórias e três empates. Bem como marcou 24 gols e sofreu apenas nove gols. Desse modo, a média de gols sofridos era de menos de um por jogo.

Defesa do Fluminense sofreu 11 gols nos últimos seis jogos

A partida que quebrou a série de jogos invictos do Tricolor foi diante do Internacional, pelo Campeonato Brasileiro. Dessa maneira, a defesa do Fluminense sofreu três gols. Ao passo que não conseguiu balançar as redes nenhuma vez.

Posteriormente, a equipe carioca recebeu o Fortaleza para o jogo de volta das quartas de final da Copa do Brasil. Dessa maneira, sofreu dois gols ainda no primeiro tempo da partida. Aliás, com aquele resultado, o Fluminense estava sendo eliminado da competição. Contudo, conseguiu igualar o marcador e, assim, ficou com a vaga para a semifinal. Já que venceu o jogo de ida, por 1 x 0.

Vitória, mas com gols sofridos

Ao passo que, voltando suas atenções para o Campeonato Brasileiro, o Tricolor goleou o Coritiba. Mas não sem sofrer gols. Assim sendo, a partida terminou em 5 x 2 para a equipe carioca. Além disso, o primeiro gol do Coxa saiu após falha de Caio Paulista. O atacante, que vem atuando de lateral, perdeu a bola e cedeu um contra-ataque. E o segundo gol foi na bola parada, em cobrança de falta de Egídio, que foi direto para as redes.

Fluminense não vence há três jogos

Na sequência, o Fluminense passou a focar novamente na Copa do Brasil. Assim sendo, fez o jogo de ida da semifinal da competição, contra o Corinthians, em casa. A saber, a partida terminou empatada, em 2 x 2. Aliás, com o segundo gol do Timão saindo nos minutos finais do duelo. Aliás, complicando a vida do Tricolor, que terá que vencer fora de casa, caso queira seguir em busca de seu segundo título no campeonato.

Novamente pelo Brasileirão, o Fluminense recebeu o líder, Palmeiras, no Maracanã. A saber, as equipes empataram, em 1 x 1. Aliás, o gol do Verdão veio em linda bicicleta de Rony, antes dos primeiros 15 minutos de partida. Em desvantagem, o Tricolor correu atrás do prejuízo e conseguiu deixar tudo igual ainda no primeiro tempo.

Contudo, isso não ocorreu no jogo seguinte, no duelo contra o Athletico-PR, também pelo Campeonato Brasileiro. A saber, o Furacão saiu na frente também no primeiro tempo, com Pablo. Aliás, esse foi o único gol do jogo.

Fernando Diniz fala sobre momento da defesa do Fluminense

Mesmo que a defesa do Fluminense tenha sofrido mais gols nos últimos jogos, em entrevista após a derrota para o Athletico-PR, o técnico Fernando Diniz afirmou que a equipe não ofereceu muitas chances aos adversários. Além disso, afirmou que, na derrota para o Internacional, algumas rodadas atrás, todo o time foi mal.

Se analisar o sistema defensivo pelos gols tomados é fácil. A gente ofereceu poucas chances aos adversários. Foram gols extremamente difíceis de acontecer (nos jogos contra o Palmeiras e o Athletico). Não pode falar que o sistema defensivo está ruim. Contra o Internacional, nós fomos mal como um todo” avaliou Fernando Diniz.

Foto destaque: Divulgação/Fluminense FC

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: