Calleri entra em grupo seleto do São Paulo; Casares reclama de arbitragem

Compartilhe com seus amigos:

Calleri entra em grupo seleto do São Paulo; Casares reclama de arbitragem

Na noite desta quinta-feira (30), o São Paulo venceu a Universidad Católica, por 4 a 2, em um duelo marcado por polêmicas da arbitragem, que expulsou três jogadores do Tricolor Paulista. Assim, a atitude gerou repercussão nas redes sociais e internamente.

A diretoria vai fazer uma reclamação formal para a Conmebol por conta da atuação da arbitragem. Clube entende que foi muito prejudicado. Mas, em entrevistas, jogadores, Rogério Ceni e o presidente Júlio Casares mostraram indignação.

Calleri foca em luta do time e entra em lista

O argentino Jonathan Calleri foi um dos expulsos. Em suma, o atacante disputou bola com adversário e levou o segundo amarelo. Aliás, anteriormente, marcou um golaço, sendo o quarto do São Paulo, de fora da área.

No jogo contra a Universidad Católica, Jonathan Calleri marcou seu 10º gol em competições internacionais pela equipe do São Paulo. Em 14 jogos, o argentino empatou em quantidade de gols com o uruguaio Pedro Rocha (23 jogos). O camisa 9 preferiu focar na luta da equipe.

“A raça do nosso time foi incrível. Estou muito contente porque o grupo saiu muito fortalecido do Chile. Agora esperamos todo mundo no Morumbi. Não posso jogar, estou bravo por isso, mas estarei apoiando! Vamos lutar pela classificação”.

Top 10 artilheiros do São Paulo em torneios sul-americanos:

  1. Luis Fabiano: 21 gols
  2. Rogério Ceni: 18 gols
  3. Palhinha: 17 gols
  4. Müller: 15 gols
  5. França: 14 gols
  6. Raí: 12 gols
  7. Pedro Rocha: 10 gols
  8. CALLERI: 10 gols
  9. Caio: 9 gols
  10. Dodô: 9 gols

Presidente fala ”grosso”

O presidente Julio Casares preferiu

“Quero enaltecer a luta da nossa equipe, que fez uma grande exibição e demonstrou um enorme espírito de luta, principalmente depois que a arbitragem perdeu o controle da partida e claramente nos prejudicou”, afirmou Casares.

Logo depois, mandatário tricolor continuou o desabafo. Assim, afirmou que arbitragens como a do uruguaio prejudicam a credibilidade da competição.

“O número de cartões recebidos foi maior do que o número de faltas cometidas pelo São Paulo. Arbitragens como essa atrapalham não só o São Paulo, mas o bom andamento da competição”, completou.

Parceria com Abílio Diniz?

Em suma, Júlio Casares esteve na Itália a convite de Abílio Diniz, que ainda não pensa em colocar dinheiro no São Paulo. Porém, a reaproximação gerou algumas conversas. Aliás, no momento, Abílio tenta ajudar buscando amigos que possam investir no São Paulo ou garantir patrocínios.

“Nós não podemos falar de arbitragem, mas é preciso repensar. E temos que ter mais força na Conmebol. Anos atrás tínhamos força. Hoje não temos tanta força. Ao fim do jogo, quando você vai cumprimentar o árbitro e ele dá beijo nos jogadores deles… creio que pode fazer isso, é respeitoso, mas não sei. Três expulsos nossos e o árbitro dando abraços e beijo neles… um integrante da nossa comissão técnica vai cumprimentá-lo, e ele diz que pra ele não há cumprimento. Estranho”, comentou Ceni.

Enquanto isso, o time comandado pelo ex-goleiro tem mais um compromisso fora de casa. Neste domingo (3), o Tricolor Paulista enfrenta o Atlético-GO, em Goiânia, às 16h (horário de Brasília). Como resultado, o time precisa de uma vitória para não ficar distante do G4, que dá vaga direta para a próxima Copa Libertadores da América.

Foto Destaque: 

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: