Outras publicações de seu time:

[xyz-ips snippet="post-categoria2"]

Luciano chama torcida para grande final da Sul-Americana

Compartilhe com seus amigos:

Ceni volta a falar sobre seu futuro no São Paulo

O São Paulo venceu o Avaí por 4 a 0, no último domingo (25), no Estádio do Morumbi. Como resultado, a equipe vai motivada para a grande final da Copa Sul-Americana. Logo depois da partida, o atacante Luciano, autor de um dos gols do duelo, chamou a torcida para a competição continental.

– Muito bom ter estádio cheio, apesar do horário. Eles vieram, compareceram, fizeram festa linda. Dá um ânimo a mais um resultado desse (antes) de ir para a final – disse o atacante Luciano, que marcou um dos gols da noite.

– Vamos em busca do título, é o São Paulo. Vamos sair campeões no sábado, se Deus quiser. A gente tá bastante animado, é uma final, vamos pro jogo do ano.

Diniz é criticado por jornalista

O técnico Fernando Diniz afirmou em entrevista ao programa ‘Bem Amigos’, que a culpa da perda do título do São Paulo no Brasileirão de 2020 foi da troca de gestão em meio a temporada, que naquela ocasião, por conta dos problemas causados pela pandemia do COVID-19, foi estendida até março de 2021. Mas, o jornalista Menon, do UOL Esporte, acredita que falta o ex-comandante assumir seus erros.

“Nada justifica aquele desmoronamento técnico e de rendimentos. Diniz fala em ‘problemas relacionais’, que a diretoria não gostava da comunicação, que era importante para Diniz. Bem, quando ele fala em problemas de relacionamento, deveria explicar o inexplicável: o assédio moral que praticou com Tchê Tchê contra o Bragantino”.

“Ah, se fosse o Felipão… Mas Diniz é psicólogo. Pode tudo. Isso sim pode ter ajudado o time a degringolar. Pode, não tenho certeza. A certeza é que a diretoria que assumia nada tinha a ver com a atitude de Diniz. As ofensas à Tchê Tchê são muito mais graves do que o fato de a nova diretoria não querer a permanência de Juca Pacheco no cargo”, disse Menon.

Grafite e Richarlyson analisam São Paulo

O ex-jogador do São Paulo, Grafite, no Caioba Soccer Camp, comentou sobre a fase do Tricolor e ele entende que o time é “muito superior às equipes que estão abaixo dele e até a algumas que estão à frente”.

“Alguns jogadores chegaram e ainda não conseguiram desempenhar, como é o caso do Nikão, que se lesionou e não consegue jogar. O Patrick se recuperou e vem jogando bem. Jogadores que eram de confiança caíram de produção no decorrer da temporada, o que é normal”, concluiu o ex-centroavante.

Em seguida, o também ex-Tricolor Paulista, Richarlyson, acredita que a oscilação tem explicações. Como resultado, Ceni sofreu com muitos jogadores lesionados durante a temporada e tem elenco curto. Além disso, afirmou que o time não tem riscos de ser rebaixado.

“O São Paulo tem um elenco muito enxuto e o Rogério conviveu com muitas lesões durante o campeonato. Isso fez com que não tivesse o time ideal quando precisava. Essa oscilação que teve dentro da própria Série A deixa a equipe muito perto da zona de rebaixamento nessa fase decisiva. Acho que o São Paulo, atualmente, não corre esse risco”, completou Richarlyson.

Compartilhe como seus amigos:

  • Ranking Casa de Apostas

    Betfair
    Classificação
    Bet365
    Classificação
    Betano
    Classificação
    1.
    bet365.com
    5.0/5
    2.
    betfair.com
    4.9/5
    3.
    betano.com
    4.8/5
    4.
    1xbet.com
    4.7/5
    5.
    betway.com
    4.6/5
    6.
    bodog.com
    4.5/5