Santos fecha com Luan; Corinthians pagará 100% do salário

Compartilhe com seus amigos:

Santos fecha com Luan; Corinthians pagará 100% do salário

O Corinthians acertou o empréstimo do meia-atacante Luan ao Santos. Já está tudo certo entre as partes, faltando apenas o anúncio oficial.

+ Willian fora do Corinthians?

A princípio, o jogador chega à Vila Belmiro por empréstimo até o fim do Brasileirão. Os salários serão pagos, integralmente, pelo Timão.

Com contrato até o fim do ano que vem, o meia-atacante apenas treina no CT Joaquim Grava. A última vez que entrou em campo foi em 19 de fevereiro, ainda na 1ª fase do Paulistão, contra o Botafogo-SP, quando Fernando Lázaro era o treinador.

A ideia de emprestar Luan para o rival paulista nasceu de uma conversa do presidente Duílio Monteiro Alves com Andrés Rueda, presidente do Santos, no último domingo (31).

Nesta segunda-feira (1), o dirigente santista entrou em contato com o empresário Paulo Pitombeira, que agencia o atleta, e encaminhou o acordo. Além de Luan, o clube da Baixada também tem interesse no meio-campista Ramiro, mas por enquanto as negociações não avançaram. Ele tem contrato até dezembro, mas teria de rescindir seu vínculo com o Corinthians.

Desde que chegou ao Corinthians, Luan disputou 80 partidas. Sendo assim, marcou 11 gols – o último deles, no entanto, foi há 13 meses, contra o Sport Huancayo, do Peru, pela Copa Sul-Americana de 2021.

Corinthians e Santos se acerta para empréstimo de Luan – Foto destaque: Reprodução / Corinthians
Corinthians e Santos se acerta para empréstimo de Luan – Foto destaque: Reprodução / Corinthians

+ Leia mais:

Veja o que disseram árbitro e VAR no gol de Arrascaeta

Vítor Pereira fala sobre derrota para o Flamengo

 

Em entrevista coletiva, o técnico Vítor Pereira admitiu que sua equipe está em uma situação muito complicada para o jogo de volta e que a derrota foi um choque de realidade.

“Também gostaria de saber como vou resolver. Custa muito, estou um bocadinho em choque de realidade. Custa muito, custa muito perceber que o jogo de fato não é fácil de reverter uma situação dessa na Libertadores. Temos que ir lá competir, dar o nosso melhor, procurar perceber o jogo melhor do que hoje”, revelou.

“O problema são os detalhes que definem esse tipo de jogo. Ficamos a reclamar de uma possível mão e demos espaço para o adversário. Hoje não sei por que, mas o jogo posicional quase não nos permitiu a fazer as combinações que estamos acostumados a fazer, não entramos em organização ofensiva, estava sempre em transição, “eles-nós”. Eles vão acrescentando, não conseguimos pressionar e pronto, a parte final foi um bocadinho sofrida, foi sofrível, eles poderiam ter feito um ou mais gols”, acrescentou Vítor.

O português entende que o Corinthians teria que fazer uma grande partida para conseguir competir contra um Flamengo em evolução e com um excelente grupo.

“Sabíamos claramente que hoje, para competirmos e conseguirmos um bom resultado, teríamos que estar no nosso melhor nível. Não gosto de colorir um quadro quando ele é preto e branco. Hoje devíamos ter estado em nosso melhor nível e não conseguimos”, comentou Vítor Pereira, que explicou o que pensou como estratégia para o Corinthians nesse jogo.

“Tínhamos que entender o adversário, que joga em losango, com muita gente por dentro. Ideia era achar corredor, achar espaço do lado contrario. Muitas vezes a bola estava do lado contrário e eu via espaço aberto para se ligar corredores e isso não existia”, completou.

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time:

Willian fora do Corinthians?
Corinthians
André Merice

Willian fora do Corinthians?

Após desfalcar a equipe na derrota para o Flamengo, na Neo Química Arena, o meia-atacante Willian pode deixar o Corinthians. A informação foi do ex-jogador e

Leia mais »