Cruzeiro considera deixar o Mineirão em rumo de uma casa própria

Compartilhe com seus amigos:

Cruzeiro considera deixar o Mineirão em rumo de uma casa própria

Cruzeiro considera proposta para deixar o Mineirão em rumo de uma casa própria. A saber, a iniciativa não partiu da raposa, e sim de uma empresa não divulgada que se juntou com a prefeitura do município de Betim. A proposta parece animadora para o torcedor cruzeirense que sonha com um estádio para chamar de seu.

No documento, a prefeitura se compromete a viabilizar 50.000 mil metros quadrados em empreendimento. Além disso, seria uma área total de mais de 97.000 mil metros. A empresa que entrou com o projeto faria a cobertura total dos gastos, estimados em R$ 450 milhões.

Bem como tudo tem um preço, a empresa administradora teria quase total disposição da arena para eventos, passeios e derivados em 310 dias do ano. Ou seja, sobra apenas 55 dias disponíveis para o cabuloso exercer suas funções esportivas.

Como a diretoria esta lidando com isto?

Antes de mais nada, a cúpula do Cruzeiro, ou seja a diretoria composta com Gabriel Lima, CEO, Alexandre Costa, Secretário Geral e Raphael Vianna que ocupa o cargo de diretor financeiro, foi até a sede da prefeitura de Betim para discutir a oferta. O que ficou esclarecido foi que o time teria 80% da renda líquida do estádio, com um percentual de bilheteria um pouco menor, entre 70% e 80%, de acordo com o comunicado. Além do mais, no estádio em Betim teria um total de 46.000 mil de capacidade total.

“Ainda conforme o documento, a arena multiuso ficará disponível por 310 dias ao ano para realização de eventos conforme interesse da administradora do empreendimento. Na proposta, o Cruzeiro Esporte Clube/SAF terá o direito de prioridade de explorar a arena nos demais 55 dias anuais restantes. Além disso, o clube terá o direito de receber entre 70% e 80% da renda líquida dos eventos esportivos organizados pelo clube.”

Seria mais fácil para o torcedor cruzeirense chegar até o estádio ou ficar no Mineirão?

A princípio, não seria perto para a maior parte dos associados. Segundo o levantamento feito pelo site superesportes mostra que a região com mais torcedores é o bairro Buritis, que fica acerca de 28 km da área determinada para a construção da nova arena. Nesse sentido, outros seis barros cheios de torcedores chegariam a mais de 30 km de distância. Mais de 40% dos sócios do time ficam na capital Belo Horizonte.

O desenho inicial é inspirado na Arena da Baixada, com previsão de comportar mais de 50.000 mil pessoas em eventos à parte, como shows, que em sua maioria são feitos no Mineirão.

Ronaldo promoveu enquete em uma de suas lives para saber se os torcedores gostariam de permanecer no Mineirão

Na Twitch, Ronaldo Fenômeno vem fazendo sucesso fazendo jogadas inacreditáveis em jogos de tiro para computador. O ex-jogador e acionista majoritário da SAF Cruzeiro recebeu o feedback com mais votos à favor da criação de um novo estádio do que a permanência no Gigante da Pampulha. Em conclusão , foram 264 votos totais, sendo que 193 optaram pela criação da arena em Betim, enquanto apenas 61 selecionaram a opção de continuar no principal estádio de BH.

“Setenta e seis por cento? Betim ganhou do Mineirão? Caramba, que surpresa! Que surpresa! Bom, novidades em breve, galerinha. Tem muita coisa aí que vai acontecer, coisa boa. A gente tem muita coisa aí pra fazer pela frente. Eu não posso contar tudo para vocês aqui. Mas eu tenho certeza que a gente está trabalhando muito duro e vamos escolher a melhor opção para o torcedor cruzeirense” – citou Ronaldo ao fim da transmissão.

Foto destaque: Divulgação/ Rádio Itatiaia 

 

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: