Vasco tem mesma distância para líder e quinto colocado

Compartilhe com seus amigos:

Vasco tem mesma distância para líder e quinto colocado

O Vasco ocupa a segunda colocação do Brasileirão da Série B, neste momento. Em 16 rodadas, a equipe tem 31 pontos e está há sete pontos de distância atrás do líder, Cruzeiro. Por outro lado, o time mantém uma gordura do primeiro time fora do G4, Criciúma. São oito pontos que dão tranquilidade para o time, que não vence há duas rodadas.

Em suma, o time então, precisa de três rodadas para conseguir chegar na liderança, ou perder toda a vantagem e sair do grupo de classificação para a Série A. O time vai para Santa Catarina jogar um confronto direto, já que a rodada é contra o quinto colocado. Portanto, se vencer, o cruzmaltino colocará 12 pontos de distância para ter um segundo turno de tranquilidade, em busca do acesso.

O lateral-direito Léo Matos falou, em entrevista coletiva nesta quarta-feira (6), se ainda dá para alcançar o líder mineiro:

“Dá para buscar, vamos ter confronto direto contra eles. Nossa preocupação nesse momento é somar o maior número de pontos possível. Nesse momento de instabilidade, o time quer continuar respirando, mas claro que gera um alerta. Não é agradável perder um jogo e depois empatar, estava acostumando com vitórias. Mas tem muito campeonato pela frente”.

Um time melhor em 2022

Decerto, neste mesmo momento na Série B de 2021, o Vasco tinha 25 pontos, seis à menos, e estava em nono lugar. A equipe, que era considerada melhor tecnicamente, não conseguiu entrar no G4 em nenhuma das 38 rodadas e deixou uma revolta imensa na torcida.

Um dos últimos remanescentes do time de 2021, Léo Matos falou sobre o que acha da diferença entre as equipes de 2021 e 2022:

“Pergunta difícil. No ano passado, de repente a nível de nome e tecnicamente, não posso dizer que é melhor, pelo menos no papel e vivência dos jogadores, parecia ser melhor. Mas nesse ano chegaram muitos jogadores com objetivo de mudar a vida deles com essa oportunidade no Vasco. É matar ou morrer. Talvez ano passado para alguns jogadores seria só mais um clube.

Não estou definindo como é o que deu errado ou certo, mas talvez para esse ano a coisa está dando liga dessa forma, porque jogadores estão querendo algo maior na carreira e isso está contaminando todo mundo. No ano passado, o trabalho vinha sendo feito muito bem, não tenho motivo para me queixar. No futebol às vezes, nem sempre a equipe que parece melhor vai subir. Então talvez seja isso, os que estão aqui hoje talvez estão dando 1% a mais para que as coisas aconteçam. Acredito muito que esse ano vai dar certo porque entendemos a linha que devemos seguir, todos já entenderam. Vamos seguir assim até o final”.

Vasco x Criciúma

Portanto, para a partida de sábado (9), o Vasco pode ter um novo time. Sem Edimar e Gabriel Pec, a tendência é de que o treinador tente um esquema com três zagueiros. Assim, a volta de Anderson Conceição, suspenso no último domingo, não tiraria Danilo Boza, que jogou em seu lugar. Decerto, as atuações do jovem foram elogiadas e assim, junto com Quintero, formariam uma trinca na zaga vascaína.

Foto destaque: Reprodução/CRVG

Compartilhe como seus amigos:

Outras publicações de seu time: