Relembre clubes brasileiros que caíram nas semifinais do Mundial

Compartilhe como seus amigos:

Imagem ilustrativa para brasileiros que não passaram das semifinais do Mundial

Por certo, a grande meta dos principais clubes do Brasil é conquistar o Mundial de Clubes da FIFA. Entretanto, o primeiro passo é dominar a América do Sul, por meio do título da Libertadores. E como muitos torcedores sabem a tarefa não é nada fácil. Sem dúvida, trata-se de um torneio bastante singular. Afinal é raro ver cachorros em campo, policiais com escudos no escanteio ou até mesmo gás de pimenta no túnel em outros torneios pelo planeta. Assim, fica claro que o caminho até Japão, Marrocos, Catar e China não é nada fácil. Tampouco passar das semifinais do Mundial.

Leia mais: Rivaldo sobre Palmeiras no Mundial: “Talvez tenha sido melhor perder nas semifinais”

Esse é um dos motivos principais de toda a obsessão pelo título mundial. Não apenas isso, como também conquistar o feito de vencer um time europeu. Afinal, há uma enorme abismo técnico entre o futebol do Velho Continente e das pelejas praticadas em campos sul-americanos. Portanto, quando uma equipe vence a Libertadores, logo o próximo passo é o mundial. E isso não é novidade. Entretanto, o caneco ganhou ainda mais prestígio com as conquistas de São Paulo (2005), Internacional (2006) e Corinthians (2012).

De lá pra cá, nove clubes brasileiros ergueram a Liberta. São eles:

  • São Paulo – 2015
  • Internacional – 2006
  • Internacional – 2010
  • Santos – 2011
  • Corinthians – 2012
  • Atlético Mineiro – 2013
  • Grêmio – 2017
  • Flamengo – 2019
  • Palmeiras – 2020

Leia mais: Veja quanto o Bayern faturou com o título do Mundial; Palmeiras também foi premiado

Porém, nem todos obtiveram êxito no mundial. Como dito anteriormente, apenas São Paulo, Inter e Corinthians ganharam o título. De acordo com as recentes atuações de sul-americanos no certame, há quem diga que passar das semifinais do Mundial também é uma conquista. Não à toa, pois cinco dos últimos onze representantes da CONMEBOL sequer avançaram para a decisão. Dentre eles:

MAZEMBE, O ATÉ ENTÃO DESCONHECIDO

No ano de 2010, pela primeira vez na história o sul-americano não avançou para a decisão. Naquela ocasião, o Internacional de Porto Alegre caiu frente ao desconhecido Mazembe. O vexame não se deu apenas pelo retrospecto, mas também pela gigantesca diferença técnica entre o futebol praticado no Brasil e o do Congo, país do Mazembe. A partida terminou em 2 x 0, com gols de Kabangu e Kaluyituka. Com direito a icônica comemoração do goleiro Kidiaba.

QUEM MANDA SÃO OS ANFITRIÕES

Posteriormente, em 2013, o Galo Doido conquistou sua primeira Libertadores na história. Portanto, ganhou o direito de jogar o Mundial. Diferentemente das edições anteriores, aquela foi realizada no Marrocos. Desse modo, o Raja Casablanca foi o representante do país-sede. Com isso, teve de eliminar Auckland (NZL) e Monterrey (MEX) para chegar às semis. Nessa fase, os anfitriões se encontraram com o Atlético. Contudo, Ronaldinho, Bernard, Jô, Victor e companhia não foram páreos ao Raja, e perderam por 3 x 1.

Leia mais: Gignac volta a provocar Palmeiras; Francês rebate ex-goleiro Marcos

GIGNAC, O ALGOZ DAS SEMIFINAIS DO MUNDIAL

Por fim, o caso mais recente é o do Palmeiras, em 2021. Após o fim da obsessão pelo título da Libertadores, o Palestra foi ao Catar para terminar com outra: a do mundial. Apenas uma semana depois de vencer o Santos no Maracanã, os homens de Abel Ferreira tiveram de enfrentar o Tigres (MEX). Entretanto, não obtiveram êxito contra Gignac e companhia. Sendo assim, o Palmeiras teve de jogar a disputa pelo terceiro lugar. E, mais uma vez, o resultado não foi o esperado. A saber, o duelo ante ao Al Ahly, do Egito, terminou sem gols no tempo normal. Dessa maneira, tudo teve que ser decidido nos pênaltis, onde os egípcios levaram a melhor. Protagonizando a pior campanha de um time sul-americanos em mundiais.

Compartilhe como seus amigos: